27 Março 2017 - 10:10

Avaliação Nacional coloca o curso de medicina da Uncisal entre os melhores do país

O curso de medicina da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal) teve uma importante conquista na Avaliação Nacional Seriada dos Estudantes de Medicina (Anasem). Num universo de 233 cursos avaliados em todo o território nacional e com a participação de mais de 22 mil estudantes, a Uncisal conquistou uma média acima de todas as Instituições de Ensino Superior (IES) de Alagoas que possuem curso de Medicina, além da 4ª melhor média do Nordeste e o 6º lugar comparando a média de proficiência dos estados do país.

Essa conquista, que teve média de proficiência de 102,3 e que deixa toda a universidade orgulhosa, se deve aos professores, coordenadores e principalmente aos estudantes do atual 3º ano ano de medicina, que passaram pelas avaliações com mérito.

As notas foram divulgadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Conforme a assessoria de Comunicação da Anasem, os desempenhos nas questões objetivas foram agrupados em três níveis de proficiência – básico, adequado e avançado – com o objetivo de medir as competências estruturais ou habilidades dos participantes.

Conforme a Anasem, as medidas de proficiência são construídas a partir de conjuntos de habilidades, correspondentes às etapas intermediárias do perfil profissional, que permitem avaliar o valor agregado ao longo da formação de cada estudante de maneira seriada.

As avaliações seguem métodos que considerem os conhecimentos, as habilidades e as atitudes previstas nas Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Medicina.

A segunda edição da Anasem acontecerá no dia 18 de outubro de 2017 e será aplicada para os estudantes matriculados no segundo ano dos cursos de medicina.

As médias gerais estão publicadas no site www.uncisal.edu.br

por Agência Alagoas

Comentários comentar agora ❯

  • Zé Doutor de verdade Avaliação de Curso não se faz com apenas uma turma. Essa amostragem é bem superficial. Além disso, não se avalia só o desempenho dos discentes, mas também titulação do corpo docente, as pesquisas desenvolvidas e as estruturas laboratoriais, portanto esse levantamento é grosseiro.