26 Outubro 2017 - 17:19

Alagoas vai sediar Fórum Nacional de Assistência Farmacêutica

Alagoas vai sediar, nesta segunda (30) e terça-feira (31), o VIII Fórum Nacional de Assistência Farmacêutica, onde serão debatidas estratégias para qualificar o programa de aquisição e distribuição de medicamentos aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). O evento, que é voltado para gestores e técnicos das assistências farmacêuticas de todo Brasil, irá ocorrer no auditório do Hotel Ritz Lagoa da Anta, localizado no bairro Cruz das Almas, em Maceió.

Promovido pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos (SCTIE) do Ministério da Saúde (MS), o fórum tem a parceria da Secretaria de Estado de Saúde (Sesau), Secretaria de Saúde de Maceió, Conselho Federal de Farmácia (CFF) e o Conselho Regional de Farmácia de Alagoas (CRF/AL). Durante o evento, será discutida a Política Nacional de Assistência Farmacêutica (PNAF) e os desafios e avanços do setor no Brasil.

Além de palestras e mesas redondas, irá ocorrer, paralelamente, a II Oficina sobre Assistência Farmacêutica no Sistema Único de Saúde (SUS). As inscrições para o fórum podem ser realizadas no link e a programação pode ser visualizada pelo endereço no site do Ministério da Saúde.

Durante o evento, serão apresentadas informações sobre medicamentos e referentes ao cuidado farmacêutico, além de serem tratados de temas relacionados à gestão e financiamento e sistemas de informação. A programação e aquisição de medicamentos, bem como, a apresentação de experiências exitosas, também constam na programação do VIII Fórum Nacional de Assistência Farmacêutica, que terá como evento paralelo a “II Oficina sobre Assistência Farmacêutica no SUS”.

Para o secretário de Ciência e Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, Marco Fireman, o debate é de extrema importância para tratar dos assuntos da assistência farmacêutica, que hoje se revela como um grande problema para os municípios e estados, como a judicialização e a burocratização no setor. “Teremos especialistas que irão orientar e discutir com os participantes, questões para melhorar a assistência farmacêutica em nosso País, que hoje encontra algumas barreiras”, salientou.

Marco Fireman ressaltou que, por meio do VIII Fórum Nacional de Assistência Farmacêutica, essas barreiras serão debatidas, “de modo que todos saiam com soluções e propostas que facilitem o trabalho dos estados e municípios e, consequentemente, da população que precisa dos medicamentos concedidos pelo [Sistema Único de Saúde] SUS”, destacou o secretário de Ciência e Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde.

Rename – Ainda durante o evento será lançada a Relação Nacional de Medicamentos Essenciais (2018). “Hoje, o SUS tem uma lista de 869 medicamentos disponíveis, ainda assim, o número de judicialização cresce a cada ano. Precisamos conversar, buscar soluções e instruir os técnicos para evitar que a busca por medicamento acabe na justiça. A população pode e deve ter acesso a esses medicamentos e os médicos e responsáveis precisam conhecer essa relação”, explicou o secretário Marco Fireman.

Para a assessora de Assistência Farmacêutica da Sesau, Cybelle Lima, a realização da sétima edição do Fórum Nacional de Assistência Farmacêutica será estrategicamente importante para Alagoas. “Teremos a oportunidade de contarmos com especialistas renomados da assistência farmacêutica em nosso Estado, para que possamos buscar mecanismos de melhorarmos a assistência farmacêutica no Estado”, evidenciou. 

por Agência Alagoas

Comentários comentar agora ❯