26 Agosto 2009 - 11:17

STF decide que Washignton Luiz não precisa devolver R$ 354.526,00

Divulgação

O STF suspendeu na noite de ontem o julgamento do mérito que obrigava o desembargador do Tribunal de Justiça do Estado de Alagoas, Washington Luiz Damasceno Freitas a devolver R$ 354.526,00. Esse valor foi determinado pelo Conselho Nacional de Justiça que apontou a irregularidade no seu relatório de inspeção ao Judiciário alagoano.

A decisão foi tomada de forma monocrática pela ministra do Supremo Tribunal Federal, Ellen Gracie. Ela atendeu um mandado de segurança impetrado pelo advogado Nabor Bulhões em favor do desembargador. Em sua decisão a ministra suspende o pagamento até que o mérito da questão seja julgado.

por Redação

Comentários comentar agora ❯