21 Fevereiro 2020 - 14:48

Previsão é de chuvas de intensidade moderada à forte em regiões de Alagoas

Divulgação
Meteorologistas seguem fazendo trabalho contínuo de monitoramento na Sala de Alerta

A Sala de Alerta da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) informa que constatou, via monitoramento meteorológico, nesta quinta-feira (20), que as condições atmosféricas sobre a região Nordeste do Brasil, próximas a Alagoas, estão favoráveis a ocorrência de pancadas de chuva com intensidade moderada à forte, acompanhadas de rajadas de vento e incidência de raios em pontos isolados no Litoral, na Zona da Mata e no Baixo São Francisco.

O Aviso Meteorológico indica que as condições apresentadas podem se estender até amanhã (21). Além de as regiões citadas, ainda existe a previsão de chuva de intensidade fraca à moderada, intercalando com períodos de tempo seco em outras partes do estado.

“Essas chuvas previstas não trazem risco de transbordamento nas principais bacias hidrográficas de Alagoas e também não impactarão nos níveis das lagoas, porém, pancadas intensas poderão provocar alagamentos em áreas vulneráveis com deficiência de drenagem, principalmente em áreas urbanas impermeabilizadas, transbordamento de pequenos riachos e movimentações de massa em áreas de encosta”, informa o aviso emitido pela Sala de Alerta da Semarh.

Por se tratar de uma previsão de chuvas localizadas, a precisão da localização e intensidade poderá ser prevista apenas com algumas horas de antecedência, mediante o monitoramento contínuo que segue sendo realizado pela Secretaria.

É importante destacar que este sistema meteorológico que está presente é típico desta época do ano e pode ocasionar grandes volumes de chuva em vários pontos do Nordeste. No entanto, em Alagoas, não deve gerar acumulados significativos, principalmente em Maceió e na região metropolitana.

A Sala de Alerta está monitorando as condições sinóticas e novas atualizações poderão ser enviadas a qualquer momento. Os avisos emitidos pela Semarh são encaminhados para Defesa Civil Estadual, Corpo de Bombeiros e Gabinete do Governador.

por Agência Alagoas

Comentários comentar agora ❯