20 Março 2010 - 14:36

Secretaria de Educação lança edital para processo seletivo de monitores

A Secretaria de Estado da Educação e do Esporte (SEE) torna público o processo seletivo simplificado para o preenchimento de vagas e a formação de cadastro de reserva de monitor-atividade e professor-monitor para Educação Infantil, 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental e o Ensino Médio das escolas indígenas da rede estadual de Ensino de Alagoas. As inscrições estarão abertas no período de 25 a 30 deste mês.

Segundo a gerente de Educação Escolar Indígena da SEE, Maria Edilene Almeida, esse processo seletivo será realizado pela Universidade Estadual de Alagoas (Uneal) e acompanhado pela comissão instituída pela Secretaria. Serão ofertadas pelo menos 88 vagas para monitor-atividade (profissional que atenderá aos alunos da Educação Infantil até aqueles que estudam no 5º ano do Ensino Fundamental) e 591 horas/aula para professor-monitor.

“A prova de redação será realizada no próximo dia 7 de abril, no Campus III da Uneal, em Palmeira dos Índios, no horário das 10h às 14h e terá a duração de quatro horas”, informou Maria Edilene Almeida.

A inscrição deve ser efetuada pelo candidato, ou pelo seu procurador legalmente constituído, no período de 25 a 30 de março, das 8h às 17h, no escritório da Uneal na Rua Cincinato Pinto, nº 226, no Centro de Maceió, telefone (82) 3315.7892; no Campus da Universidade em Arapiraca, situado na Rua Governador Luiz Cavalcante, bairro Alto do Cruzeiro, telefone (82) 3421.2544; no Campus III, na Rodovia AL nº 115, Km 2, em Palmeira dos Índios, telefones (82) 8803.8849/9618.0680 e na Escola Estadual de Educação Básica de Pariconha, Rua Manoel Francisco dos Santos, nº 4, Centro, em Pariconha, telefone (82) 3647.1211.

Inscrições — No ato da inscrição será exigida do candidato a ficha de inscrição (em modelo próprio, fornecida no local que foi efetuada) devidamente preenchida, na qual o candidato prestará todas as informações solicitadas, expressando sua concordância em aceitar as condições do presente processo de seleção; cópia xerografada da Carteira de Identidade, CPF, Título Eleitoral, Título de Habilitação (comprobatório da escolaridade) e Certificado de Reservista, acompanhados dos documentos originais para conferência e autenticação.

Além disso, eles precisam apresentar o documento comprobatório da sua aceitação, ou seja, a carta de anuência - documento que os reconhece como membros dos povos indígenas e que têm condições de ser professor de suas escolas e trabalhar suas culturas), como candidato a monitor-atividade ou professor-monitor pela comunidade escolar indígena.

 

por Agência Alagoas

AquiAcontece.com.br © 2016 - Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do AquiAcontece.com.br.