17 Dezembro 2009 - 15:06

PF, Anvisa e Vigilância Sanitária interditam farmácias

A operação deflagrada pela Polícia Federal (PF), Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e Vigilância Sanitária Estadual na manhã desta quinta-feira (17) interditou três farmácias no município de Coruripe por estarem comercializando medicamentos contrabandeados, sem nota fiscal, além de possuir munição de arma de fogo no estabelecimento. A fiscalização está sendo realizada desde ontem.

Segundo Ianara Freitas, gerente de Serviços de Controle de Medicamentos e Drogas da Vigilância Sanitária, dois proprietários de farmácias foram presos. Nos estabelecimetnos, foram encontrados medicamentos falsificados, ausência de profissionais farmacêuticos, alvará sanitário e autorização de funcionamento da Anvisa.

“As pessoas presas estão sendo conduzidas pela Polícia Federal até Maceió, onde ficarão detidas na sede da instituição. Eles vão responder por porte ilegal de munição. Também será instaurado processo administrativo sanitário contra as três farmácias interditadas”, explicou.

Os estabelecimentos comercializavam Pramil (estimulante sexual contrabandeado do Paraguai) e Citotec. Os medicamentos não possuem registro para comercialização no Brasil. Também foram recolhidas caixas falsificadas de Cialis.

por Agência Alagoas

Comentários comentar agora ❯