16 Maio 2010 - 00:01

Governo inaugura novo Centro de Educação Profissional em Coruripe

Valdir Rocha

A partir deste domingo, a população de Coruripe [situada no litoral sul de Alagoas, próximo à foz do Rio São Francisco, a 85 km de Maceió] ganhará uma nova estrutura educacional que garantirá a oferta da educação profissional na região. Trata-se do Centro Estadual de Educação Profissional Maria Alice Beltrão de Castro, que será entregue em solenidade marcada para as 10h, pelo governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Educação e do Esporte (SEE).

Para o secretário de Estado da Educação e do Esporte, educador Rogério Teófilo, a inauguração dessa unidade escolar chega num momento adequado. “Em princípio, pensava-se na utilização daquele equipamento de promoção da cidadania apenas para cursos que atendiam a vocação do município e do seu entorno. Agora, com a instalação do Estaleiro Eisa, novos cursos para atender a demanda que chegará serão oferecidos”, relata.

A superintendente de Educação Profissional e Tecnológica da SEE, Stella Albuquerque, assegura que os cursos dessa unidade oferecerão uma nova perspectiva de empregabilidade. “No primeiro momento, esta unidade atenderá aquilo que foi pactuado pelo Programa de Expansão da Educação Profissional (Proep) no estado”, reitera.

 Stella descreve que, com entrega desta escola, o governador Teotonio Vilela Filho cumpre mais um compromisso. O governador assumiu que iria reformar esta unidade e colocá-la para funcionar. “Portanto, cumpre mais uma promessa. Ela irá beneficiar a população da cidade de Coruripe e dos municípios circunvizinhos da região sul”, pondera.

Albuquerque acrescenta também que no segundo semestre desse ano serão ofertados cursos técnicos em comércio, artesanato e cooperativismo. “A estrutura do centro profissionalizante comporta seis salas de aulas. Em média, a unidade de ensino irá atender cerca de 240 alunos, por turno, no ensino regular. Além disso, iremos oferecer cursos técnicos e de qualificação”, assegura.

Já na fase de expansão, volta a enfatizar Stella, a escola irá atender ao setor sucroalcooleiro através de cursos de análise química e técnico em química; e atenderá também ao Estaleiro Eisa por meio dos cursos técnicos de eletromecânica e mecânica. “A abertura dessa escola, graças à atitude inovadora do secretário Rogério Teófilo, abre as portas desse estabelecimento de ensino para estabelecer parcerias com o setor produtivo e Sistema S”, declara.

por Ascom/AL

Comentários comentar agora ❯