12 Setembro 2017 - 08:40

Reeducandos iniciam nova etapa de trabalhos no Polo de Marechal Deodoro

Jorge Santos
Trabalho dos reeducandos ganham cada vez mais visibilidade em Alagoas

Preservar o meio ambiente, gerar mais segurança e beleza. Após a conclusão da primeira etapa de limpeza e manutenção da área verde do Polo de Marechal Deodoro, os reeducandos do regime semiaberto, inseridos no projeto ‘Uma nova história’, retomaram os trabalhos no Polo Multifabril Industrial José Aprígio Vilela, em Marechal Deodoro, nesta segunda-feira (11).

As atividades coordenadas pela Gerência de Reintegração Social da Secretaria de Estado da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) acontecem na Via 8 do polo e deverão ser concluídas ainda neste mês. Mais de 30 profissionais, entre servidores e apenados, trabalham na via. Vale lembrar que os apenados já haviam socorrido as vítimas das cheias em Marechal Deodoro, em agosto.

Para a gerente de Reintegração Social da Seris, agente penitenciária Shirley Araújo, o trabalho mostra que os reeducandos podem ser reinseridos na sociedade de forma produtiva. “O projeto vem dando bons frutos, tudo graças ao trabalho e estudo. Os trabalhadores são disciplinados, assíduos e pontuais. Nunca tivemos nenhum caso de regressão desta equipe”, destaca.

O empenho dos reeducandos é reconhecido pelo secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia de Marechal Deodoro, Raphael Freitas. “Com essa parceria com a Ressocialização tivemos a manutenção da vegetação e mais segurança para quem trafega aqui”, disse.

“Esse trabalho desenvolvido pela Seris é de grande valia. Atualmente já existe, inclusive, empresa aqui no Polo Multifabril que contratou mão de obra oriunda do sistema prisional. Queremos dar sequência a essa parceria e inserir mais reeducandos, com serviços de qualidade nas indústrias do José Aprígio Vilela”, finaliza o secretário Raphael Freitas.

por Agência Alagoas

Comentários comentar agora ❯