11 Outubro 2017 - 00:52

Marx Beltrão assegura R$ 4 milhões para Lago do Goiti em Palmeira dos Índios

Fotos: Assessoria
Prefeito Júlio Cezar e ministro do Turismo assinaram contrato na Caixa Econômica Federal

Um dos principais cartões postais de Palmeira dos Índios, o Lago do Goiti vai ganhar cara nova e reforçar a cidade com mais um equipamento turístico. Em Maceió, o ministro do Turismo, Marx Beltrão, e o prefeito Júlio Cezar assinaram, na sede da Caixa Econômica Federal, o contrato de revitalização e urbanização do Lago do Goiti. Os investimentos no valor R$ 4 milhões, através do Ministério do Turismo, já estão disponíveis para o início das obras.

O ministro Marx destaca a importância da atuação do gestor municipal integrado aos órgãos para capitanear recursos e fazer com que o turismo se desenvolva em cada canto de Alagoas. “Palmeira dos Índios é um dos municípios com vocação turística e cultural. Precisamos agregar os elementos dessa parceria para desenvolver melhor as atividades turísticas. Já está em andamento a obra de revitalização do entorno do Cristo Redentor da Serra do Goiti, e agora, o prefeito Júlio Cezar poderá tocar a urbanização do Lago do Goiti, uma obra importantíssima para os palmeirenses e para os turistas que visitam a cidade”, afirmou Beltrão.

Na assinatura, o prefeito Júlio Cézar, agradeceu o empenho do ministro para o andamento das obras no município. “Quero agradecer a articulação do ministro e todo o trabalho que vem sendo feito em defesa de Alagoas. São obras estruturantes que vão alavancar o desenvolvimento gerar emprego e renda para o nosso povo. A parceira com o governo federal é essencial para que os projetos saiam do papel e sejam executados”, comentou.

O próximo passo será a licitação e, em seguida, a assinatura da ordem de serviço da obra. A atual administração conseguiu retirar o município da lista de devedores do governo federal o Cauc. “Os municípios devem gerenciar essas questões no que competem elaboração de projetos e celeridade para garantir os recursos e tocar as obras. Em Brasília a luta é diária para articular investimentos. Mas necessitamos também que os municípios estejam aptos para recebê-los”, concluiu.

por Ascom Marx Beltrão

Comentários comentar agora ❯