09 Novembro 2018 - 09:09

Candidato à presidência da OAB-AL pela Chapa 1 apresenta propostas durante debate no TCE

Assessoria
Nivaldo Barbosa também apresentou projetos para valorizar ainda mais a advocacia alagoana

Buscando apresentar as melhores propostas da Chapa 1 – OAB Unida, o candidato a presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-AL), Nivaldo Barbosa, participou na tarde desta quinta-feira (08) do debate na TV Cidadã, na sede do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Ele ressaltou o avanço da advocacia alagoana nos últimos anos, assim como defendeu a renovação e projetos que valorizam ainda mais as advogadas e advogados.

Em seu discurso, Nivaldo afirmou que a chave de sua candidatura é valorizar o advogado em todo o estado, defendendo as prerrogativas, assim como a renovação dentro da Ordem. Ele relembrou o trabalho feito nas últimas gestões quando ocupou o cargo de presidente da Caixa de Assistência, e destacou as principais propostas de suporte ao advogado que serão realizadas na próxima gestão.

“Tenho orgulho de trazer a previdência para a advocacia, firmamos mais de 260 convênios, entre eles planos de saúde, academias, entre centenas de outras coisas. Construímos uma nova sede para a subseção em Arapiraca, entre muitas ações de infraestrutura. Criamos o OABraço, programa que acolhe profissionais em situação de vulnerabilidade social. Então como dizer que nós não valorizamos a advocacia? Só não vê quem não quer”, explicou.

Enquanto o candidato da Chapa 2 partia para críticas e apresentava propostas já executadas por gestões anteriores, Nivaldo apresentou novas ideias, que serão postas em prática a partir de janeiro de 2019, como defender a implantação do Piso Ético, criar a Comissão de Defesa dos Honorários e outras propostas dentre as principais âncoras da advocacia atual.

Durante o debate, ao tratar do tema valorização do advogado, Nivaldo fez questão de explicar que as estruturas que foram construídas nas gestões anteriores são uma forma de valorizar o profissional. Para essa nova gestão, o candidato propõe capacitar os advogados com a oferta de novos cursos feitos pela ESA, que também serão acessados no interior do estado pela ESA Digital.

“Vamos trabalhar para aparelhar mais salas para os advogados nos fóruns e tribunais, ampliar a oferta de cursos da ESA, que nos últimos anos tiveram cerca de 25 mil inscrições. Implantar os programas Residência Jurídica e Meu Parceiro. Pretendemos trazer, a partir do próximo ano, o programa Anuidade Zero com a plataforma de convênios que possuímos e implantar um setor de assistência social e de psicologia. Temos vários projetos e vamos pôr em prática a partir de janeiro”, destacou Nivaldo.

Por fim, Nivaldo reforçou a relevância de dar protagonismo às mulheres advogadas, visto que elas estão sendo representadas em todos os setores da Chapa 1 - OAB Unida. A inclusão é uma das principais propostas do candidato para as profissionais, a fim de despertar o sentimento de liderança feminina e incentivar a participação de cursos e seminários.  

por Assessoria

Comentários comentar agora ❯