06 Março 2010 - 20:15

ONU anuncia ajuda de US$ 10 milhões para o Chile

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Kin-moon, anunciou a liberação de US$ 10 milhões para as vítimas dos terremotos e tsunamis no Chile. Hoje (6) ele vai visitar a região de Concepción – a segunda maior cidade do país e uma das mais afetadas pelos abalos. Em decorrência dos tremores que atingiram o país há pelo menos 2 milhões de vítimas. Oficialmente são registrados 279 mortos.

Os recursos vêm do Fundo de Emergência da ONU e serão destinados às regiões Sul e Centro do Chile – as mais afetadas pelos tremores e pelos tsunamis. Para o secretário, as prioridades devem ser os setores de saúde, saneamento básico e albergues ou casas de emergência para os desabrigados.

“Estou aqui para dar todo meu apoio e solidariedade ao povo chileno, neste momento de grande desafio”, afirmou Ban ki-Moon. Ontem (5) ele se reuniu com a presidente chilena, Michelle Bachelet, e seu sucessor, Sebastián Piñera – que assume o governo na próxima quinta-feira (11).

O Brasil coopera com as vítimas chilenas ao enviar um hospital de campanha da Marinha e dois helicópteros. Segundo o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o governo brasileiro está disposto a colaborar com o Chile no que for necessário e aguarda apenas o pedido de mais apoio.

A presidente Bachelet afirmou ontem (5) que já recebeu propostas de ajuda concreta de mais de 35 países e 16 organismos internacionais, sem contar as organizações não governamentais. Foi lançada uma campanha nacional no Chile para levantar cerca de US$ 30 milhões de ajuda para as vítimas. A campanha foi batizada de Chile Ajuda Chile.
 

por Agência Brasil

Comentários comentar agora ❯