04 Fevereiro 2010 - 10:45

Orquestra da PM se apresenta no Teatro Marista

Apresentação encerrou as atividades em comemoração ao aniversário da PM

A orquestra da Polícia Militar de Alagoas realizou na noite de ontem, dia 3, no teatro do Colégio Marista, um concerto sinfônico para uma plateia de 200 pessoas. A apresentação, que durou cerca de 2 horas, encerrou oficialmente as comemorações de aniversário dos 178 anos da corporação.

O concerto, dividido em duas partes, foi aberto com a Ópera IL Guarany, de Antônio Carlos Gomes, regido pelo major Valdeci Souza. Na sequência, o clássico La France, de Bout e o tema do filme Missão Impossível, com arranjo do sargento Petrúcio França e sob a regência do tenente Amilton Lima, animou o público que prestigiava o evento. O Bolero de Ravel, regido pelo tenente Carlos Gomes e um tributo a Bart Bacharach, com solo de sax do sargento Joacy Ferreira encerrou a primeira parte da apresentação.

Entre o público, a aprovação foi grande. Para a soldado Adriana Barros, do Batalhão de Polícia de Guardas (BPGd), o momento serviu para integrar a família com os companheiros de farda. “Adorei a apresentação, foi linda. Além disso, esse momento de lazer para a tropa é muito importante”, ressaltou.

O comandante-geral da PM, coronel Dalmo Sena, assistiu a apresentação e também ficou encantado. “Nossa orquestra é excelente. A apresentação foi brilhante”, disse enquanto parabenizava os 70 integrantes do Centro Musical da PM.

Ainda durante o evento, foi apresentado o vídeo institucional da corporação, com o trabalho desenvolvido por todas as unidades, setores e departamentos da PM alagoana. A apresentação foi retomada com o tema do filme Armagedon, arranjo do subtenente Everaldo Borges. Um tributo a Tim Maia e a abertura da Ópera Orpheus, de Jacques Offenbach e solo de clarinete do sargento José Rodrigues, encerrou a apresentação.


Públicos civil e militar participaram das comemorações

De 25 a 30 de janeiro, uma exposição montada no Shopping Pátio Maceió mostrou parte da história da PM alagoana. Foram exibidos vídeos, fotos e materiais usados pelos policiais militares dos Batalhões de Radiopatrulha, Polícia de Trânsito, Polícia Ambiental e pelo BOPE. Também participaram da exposição alunos do Colégio Tiradentes da Polícia Militar e uma equipe do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência, que desenvolve nas escolas do Estado atividades que visam levar para crianças, adolescentes e pais os problemas que as drogas causam.

A exposição também exibiu viaturas usadas antigamente pela PM, como o Opala da Radiopatrulha e a moto Amazonas do Batalhão de Trânsito, além dos novos veículos e armas adquiridas recentemente. Na noite do dia 25, o jornalista e tenente da Polícia Militar, Sílvio Teles, lançou o livro “Briosa: a história da Polícia Militar de Alagoas no olhar de um jornalista”.

As comemorações do aniversário da Polícia Militar de Alagoas tiveram sequência com a apresentação do Programa Vem Ver a Banda Tocar Especial realizada no último domingo na praia de Ponta Verde. Na segunda, a caminhada “PM é Saúde” mobilizou mais de 400 policiais militares do Quartel do Comando Geral até a praça Multieventos, na Pajuçara. Terça-feira foi o dia da entrega das premiações dos vencedores dos Jogos Internos da PMAL, ano 2009. Já ontem pela manhã, a corporação completou os 178 anos de criação também com o desfile militar no pátio externo do QCG.
 

por PM-AL

Comentários comentar agora ❯