02 Março 2010 - 08:46

Ambulâncias do SAMU ampliam atendimento nos municípios

Divulgação

“Todo cidadão que ligar 192, inclusive o morador da zona rural, vai ser atendido com agilidade e segurança”, afirmou o coordenador-geral de Urgência e Emergência do Departamento de Atenção Especializada do Ministério da Saúde, Clésio Mello de Castro na reunião desta segunda-feria (01), na AMA, com o chefe de gabinete de Atenção à Saúde, Jones Martins, o presidente da AMA, Luciano Barbosa, prefeitos, o senador Renan Calheiros e o vice-governador José Wanderley.

Segundo Clésio Mello, a distribuição das Unidades Avançadas vai diminuir o “tempo resposta” para o atendimento de urgência. “Com essa proposta concreta, as necessidades vão ser atendidas com mais rapidez, pois com 40 ambulâncias trabalhando em 102 municípios, além das que já têm, os cidadãos serão socorridos em tempo hábil através do trabalho integrado, evitando óbitos”, explicou o coordenador.

Em reunião, ele ressaltou que não houve nenhum privilégio na escolha dos municípios - “As regiões foram analisadas de acordo com a distância para os hospitais e demanda”- Ele também frisou que, além das ambulâncias, uma média de R$ 9 mi vão ser destinados para manutenção dos veículos. “O prefeito só precisa contratar um profissional qualificado para conduzir o veículo, uniforme e combustível. As ambulâncias vão vir para ficar”, frisou.

Para o presidente Luciano Barbosa, essa conquista é muito importante para população alagoana. “O maior objetivo é salvar vidas, se essas unidades de saúde desempenhar um trabalho em conjunto, vamos conseguir diminuir o tempo de atendimento e aumentar os primeiros socorros”, acrescentou.

“O atendimento rápido entre a ocorrência e a chegada dos hospitais é fundamental. Com essa rede funcionando integrada, salvará muitas vidas. A parceria deve ser feita entre todos”, comentou o vice-governador. Ele afirmou que o governo vai ajudar no que for possível para que a distribuição seja feita corretamente.

De acordo com o senador Renan Calheiros, apenas nove veículos viriam para Alagoas, mas após uma demonstração das necessidades e carências do Estado, o presidente Lula resolveu destinar 10% da primeira distribuição para os municípios alagoanos. “No mês de março, vamos receber 40 unidades das 400 que serão entregues, mas já estamos trabalhando para que os municípios que não foram contemplados nessa primeira etapa, sejam na segunda, em agosto”, falou o senador.

Municípios beneficiados

Neste primeiro lote serão contemplados os seguintes municípios alagoanos: Arapiraca, Atalaia, Batalha, Cacimbinhas, Campo Alegre, Colônia Leopoldina, Coruripe, Delmiro Gouveia, Feliz Deserto, Flexeiras, Girau do Ponciano, Joaquim Gomes, Maceió, Maragogi, Marechal Deodoro, Marimbondo, Mata Grande, Matriz de Camaragibe, Murici, Ouro Branco, Palmeira dos Índios, Pão de Açúcar, Paripueira, Penedo, Porto Calvo, Porto Real do Colégio, Rio Largo, Santana do Ipanema, São José da Tapera, São Luis do Quitunde, São Miguel dos Campos, São Sebastião, Teotônio Vilela, União dos Palmares e Viçosa.

 

por AMA

Comentários comentar agora ❯