02 Setembro 2009 - 07:53

Deputado quer regulamentar venda de fardamento policial

Os casos de falsos policiais que se utilizam de fardamentos para a prática de assaltos vêm se tornando comuns em diversos estados brasileiros. O motivo é que 13 estados não têm legislação específica sobre o problema, inclusive Alagoas. Preocupado com a questão, o líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Alberto Sextafeira (PSB), anunciou hoje (1º) que protocolou na Casa projeto de lei que regulamenta essa questão. A matéria já foi lida há alguns meses e aguarda os pareceres nas comissões temáticas.

Diante dos casos envolvendo esse tipo de crime, o que chegou a ser motivo de reportagem em rede de televisão nacional, exibida no último domingo pela Globo, Sextafeira pediu rapidez na análise da referida matéria, a fim de que seja apreciada pelo plenário no mais curto espaço de tempo.

Atualmente, como não existe nenhuma legislação específica sobre a matéria, qualquer pessoa pode encomendar um fardamento de policial militar ou de bombeiro, sem a necessidade de comprovar identidade ou a finalidade de uso. Com isso, são grandes as facilidades para adquirir o produto e fazer uso inadequado. Caso seja aprovado, o projeto segue para sanção governamental e eventual promulgação
 

por ALE

Comentários comentar agora ❯

  • Alessandro Dias Olha ai, finalmente essa festa da farda vai ter um fim, grande iniciativa do nobre Deputado Sextafeira, gostaria de aproveitar o momento e pedir o apoio do então Deputado sobre a aprovação da Pec-300, que vai equiparar os salarios do Policiais Militares de todo o País, o melhor investimento em segurança pública hoje, é a valorização salarial do Policial. Mas a sua intensão é boa Deputado Sextafeira.