A- A+
Enviar Imprimir
 
INFORME PUBLICITÁRIO
11/09/2012 17:14

Decepção! CRB volta a jogar mal e é goleado pelo Atlético-PR: 4 x 1

GE

CRB não se encontrou mais uma vez e foi atropelado pelo Atlético

O jogo foi em horário diferente, tarde ensolarada em Curitiba nesta terça-feira (11). Mas, o CRB repetiu o futebol ruim da última rodada e acabou goleado pelo Atlético Paranaense por 4 a 1 no estádio “Janguitão”. O resultado poderia ser pior, caso o goleiro Cristiano não tivesse “operado” alguns milagres durante a partida.

Com o resultado, o CRB cai para a 16ª posição da tabela, ficando na beira da zona do rebaixamento. Já o Atlético Paranaense segue na 3ª posição na classificação. Na próxima rodada, o CRB recebe o ABC no estádio Rei Pelé no sábado, enquanto o time do Paraná enfrenta o Goiás no Serra Dourada.

O JOGO – 1º TEMPO

Buscando um resultado positivo para se afastar da zona de perigo da Série B, o CRB foi até Curitiba enfrentar o Atlético-PR, que busca o retorno a primeira divisão do futebol brasileiro e ocupava a 3ª posição do grupo dos quatro melhores.

Com a bola rolando, a superioridade que se esperava do Atlético não se comprovou e as duas equipes se mostravam atentas no jogo, estudando as possibilidades nos primeiros minutos. A prova disso foi o primeiro lance de perigo, que só aconteceu aos 22 da primeira etapa, com o CRB, através de Ricardinho, que entrou em velocidade na área, mas no momento da finalização foi barrado pela defesa rubro-negra.

O susto bastou para os donos da casa reagirem no estádio “Janguitão”. O “furacão” tocava a bola e atacava o CRB. E a primeira chance veio seguida da abertura do placar. Primeiro, Marcelo Cirino perdeu grande oportunidade ao tirar o goleiro mas desperdiçar uma grande chance. Porém, no ataque seguinte, o CRB não escapou.

GOOOOLLLL DO ATLÉTICO-PR! Aos 34 minutos, Pedro Botelho foi lançado em profundidade, cortou o lateral Paulo e cruzou na área, para um belo voleio do meia Elias, sem chance para o goleiro Cristiano. Atlético-PR 1 x 0 CRB.

Não bastasse o gol, as coisas ficavam cada vez piores para o CRB. Primeiro, o zagueiro Rogélio sentou dores na coxa esquerda e deixou o campo sendo substituído por Thiago Gomes. Logo em seguida, em jogada rápida, Marcelo Cirino foi acionado e estou no travessão do arqueiro Cristiano.

A torcida do “furacão” ainda comemorava, o CRB ainda se recuperava do tento sofrido, quando os donos da casa foram novamente para o ataque e ampliaram o marcador no estádio “Janguitão”.

GOOOOLLLL DO ATLÉTICO-PR! Aos 39 minutos, o insistente Marcelo Cirino recebeu bom passe dentro da área, matou sem jeito, mas contou com a sorte, uma vez que a bola cobriu o lateral-esquerdo Jadilson e ficou de frente para o goleiro regatiano. O atacante rubro-negro só teve o trabalho de colocar e comemorar. Atlético-PR 2 x 0 CRB.

As notícias ruins não paravam de chegar para o CRB. Na reta final da primeira etapa, o time regatiano perdeu mais um contundido, dessa vez o volante Gilberto, novamente por contusão muscular, dando lugar ao também volante Roberto Lopes.

Aos 47 minutos, o calvário do CRB foi encerrado, com uma derrota parcial da equipe alagoana por 2 a 0 para os donos da casa do Atlético do Paraná.


2º - TEMPO

Na volta para a segunda etapa o Atlético Paranaense veio disposto a atacar o CRB, buscando garantir a vitória com mais gols. O resultado desse ímpeto desenfreado foi uma pressão nos primeiros minutos da etapa final.

Pior para o goleiro Cristiano que preciso se virar, fechando o gol em duas oportunidades, primeiro com Elias e logo em seguida com Marcelo Cirino. O CRB tentava se encontrar em campo. O treinador Pintado parou o jogo, promovendo a sua última alteração, colocando Paulo Victor no lugar de Luciano, além de esfriar o jogo.

De certa forma a decisão rendeu bons frutos ao CRB, que na primeira oportunidade de chegar ao ataque no segundo tempo, conseguiu marcar e criar uma ponta de esperança no seu torcedor.

GOOOOLLLL DO CRB! Aos 23 minutos, uma bela jogada do CRB. Ricardinho tabelou com Paulo Victor, que devolveu com um belo passe de letra para o avante deslocar o goleiro rival. Atlético-PR 2 x 1 CRB.

Da mesma forma que aconteceu no primeiro tempo, o Atlético-PR não deixou o CRB comemorando, muito menos a vontade no jogo. Dois minutos depois, a equipe da casa ampliou o placar e abriu vantagem.

GOOOOLLLL DO ATLÉTICO-PR! Aos 25 minutos, o jovem Taiberson, que acabara de entrar, lançou Marcelo Cirino que ganhou na força da defesa regatiana, batendo prensado, para o fundo das redes do CRB. Atlético-PR 3 x 1 CRB.

Na reta final do jogo, o técnico Ricardo Drubsky do Atlético-PR resolveu alterar o time do “furacão” e já parecia se dar por satisfeito com resultado, tocando a bola e cansando ainda mais o time do CRB. Porém, o experiente Paulo Baier resolveu aprontar.

GOOOOLLLL DO ATLÉTICO-PR! Aos 37 minutos, após troca de passes, Paulo Baier carregou de frente para a área, ameaçou tocar, mas bateu direto para o gol, com a bola batendo na trave direita do goleiro Cristiano e balançando as redes. Atlético-PR 4 x 1 CRB.

Neste momento do jogo, o CRB já não tinha mais forças para qualquer tipo de reação e resolver se fechar em campo, pensando em não tomar gol e piorar a situação da 5ª defesa menos vazada da competição nacional.

O quarto gol parecia dar números finais ao jogo, uma vez que o Atlético-PR enfim se conteve e passou a administrar a partida. Aos 48 minutos, o árbitro Marcos André da Penha do Espírito Santo, encerrou o jogo com vitória do Atlético por 4 a 1 sobre o CRB.

FICHA TÉCNICA

Campeonato Brasileiro - SÉRIE B – 24ª Rodada

Estádio: Estádio Ecológico Janguito Malucelli “Janguitão”

Atlético-PR 4 x 1 CRB

Árbitro: Marcos André G. da Penha-ES
Auxiliares: Ramires Santos Cândido (ES) e Carlos Henrique Selbach (ES)

Atlético: Wéverton, Daniel(Taiberson), Luiz Alberto, Cléberson e Pedro Botelho; David, Henrique, João Paulo e Elias(Paulo Baier); Marcão e Marcelo Cirino(Felipe).

Técnico: Ricardo Drubsky

CRB: Cristiano, Paulo, Rogélio(Thiago Gomes), Ednei e Jadilson; Marcinho Guerreiro, Gilberto(Roberto Lopes), Diego Palhinha, Luciano e Geovani; Ricardinho.

Técnico: Pintado

Cartões Amarelos: Daniel e Pedro Botelho (Atlético-PR)

Gols: Elias 34min1ºT, Marcelo Cirino 39min 1ºT e 25min 2ºT e Paulo Baier 37min 2ºT (Atlético-PR) – Ricardinho 23min 2ºT(CRB)

por Robson Lessa / MinutoEsportes

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do aquiacontece.com.br ou de seus colaboradores. Dê sua opinião com responsabilidade! Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

comentários

Nenhum comentário ainda