30 Novembro 2020 - 09:18

Alunos da rede estadual destacam-se no 5º Concurso de Redação da Defensoria Pública da União

O 5º Concurso de Redação da Defensoria Pública da União, iniciativa que tem o apoio da Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), premiou neste mês de novembro os alunos classificados. A divulgação do resultado havia ocorrido em novembro do ano passado, mas por conta da pandemia da Covid-19, somente agora os estudantes receberam a premiação. Os primeiros colocados receberam um tablet.

Ao todo, seis alunos da rede estadual de ensino classificaram-se nas primeiras colocações, tanto na categoria de ensino fundamental quanto na de ensino médio. O tema desta edição foi "Defender direitos, evitar desastres: como o acesso à Justiça contribui para o desenvolvimento sustentável".

O Colégio Estadual 17 de Março, em Aracaju, teve um aluno na primeira colocação. O jovem Vitor Gabriel Gonçalves Barbosa ficou em primeiro lugar na Categoria I (alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e alunos da modalidade Jovens e Adultos – EJA – do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental). Orientado pelo professor Antônio José dos Santos Costa, o jovem Vitor conseguiu a pontuação 99,95 em sua redação. “Eu me sinto bastante privilegiado por ter conquistado essa premiação. Quando me inscrevi, eu achava que não teria a menor chance, já que são muitos concorrentes. Estou muito feliz e pretendo participar de outros concursos futuramente”, declarou.

A diretora da escola, Shirley Suelen Ramalho Santos Silva, destacou que esse concurso valoriza a educação, a aprendizagem e o processo de escrita. “Temos que ressaltar, também, a participação do professor, que incentivou e motivou os alunos. Ao todo, 20 estudantes participaram, ficamos muito felizes pelo empenho de todos eles e com a primeira colocação do Vitor Gabriel”, disse.

Já o Colégio Estadual Tobias Barreto, em Aracaju, também teve uma aluna na primeira colocação, desta vez na Categoria II (alunos do 1º ao 3º ano do Ensino Médio, na modalidade Regular e Ensino Técnico, e alunos da modalidade Jovens e Adultos – EJA seriado – do 1º ao 3º ano do Ensino Médio). A jovem Maria Clara Sobral de Gois Rosa Dias, do 2º ano do ensino médio, disse que essa foi a primeira vez que participou de um concurso, e se sente radiante por ter ganhado um prêmio. Ela foi orientada pelo professor Renato Batista dos Santos e alcançou a pontuação 97,93. “Eu não imaginava que chegaria a essa colocação. Agradeço muito aos meus professores, que me apoiaram bastante. O tempo todo eles leram meu texto e me orientaram, mas deixando claro que a redação era de minha autoria. Fico muito lisonjeada e feliz com essa vitória”, disse.

Da mesma unidade de ensino foram também classificadas as alunas Thais Hapuque Santos de Oliveira (2º lugar na Categoria II) e Marissol Meirellys Ferreira Houly (3º lugar na Categoria II). O diretor do Colégio Estadual Tobias Barreto, Judson Augusto Oliveira Malta, comemora a conquista de Maria Clara e dos outros alunos que também se classificaram. “Ficamos felizes quando eles conseguem alcançar um lugar de destaque. A nossa maior realização é impulsionar os alunos para que sejam bem sucedidos. Isso eleva a autoestima deles para que possam alcançar novos caminhos”, afirmou.

Também tiveram destaque no 5º Concurso de Redação da Defensoria Pública da União os alunos: Gabriel Araújo Santos, 2º lugar na Categoria I (Colégio Estadual Doutor Edélzio Vieira de Melo); e Pedro Henrique Cerqueira Santos, 3º lugar na Categoria II (Colégio Estadual Doutor Milton Dortas).
 

por Agência Sergipe

Comentários comentar agora ❯