25 Julho 2019 - 15:19

Após anúncio de medidas contra preços abusivos, valores de combustíveis começam a cair em Penedo e região

Roberta Feitosa - aquiacontece.com.br
Luciana Alves, presidente da Subseção de Penedo, em entrevista na Penedo FM

A diretoria da Subseção Penedo da Ordem dos Advogados do Brasil e Comissão do Direito do Consumidor constaram redução do preço dos combustíveis após anunciarem ações que visavam combater cobranças abusivas em postos de Penedo e região.

De acordo com o que foi apurado por nossa redação, a tendência, mesmo que seja pouca, é de queda nos preços dos combustíveis de Penedo. Em alguns o preço já reduziu, gerando uma economia de até R$ 0,20 centavos por cada litro colocado nos tanques dos veículos.

A OAB resolveu se posicionar depois de tomar conhecimento da diferença nos preços cobrados em postos de Penedo e região para os de outras localidades. Em alguns municípios de Alagoas, não tão distantes do Baixo São Francisco, a diferença chega a ser maior que R$ 0,50 centavos por cada litro.

Em entrevista concedida no início desta semana aos radialistas Luiz Carlos de Oliveira, o Luizão, apresentador do Vida Real, e João Lucas, âncora do Realidade, ambos da Rádio Penedo FM (www.penedofm.com.br), Luciana Alves, presidente da Subseção de Penedo, explicou quais as medidas que seriam adotadas inicialmente para averiguar as denúncias.

“Nosso objetivo é primeiro tomar providências administrativas junto aos proprietários de postos de combustíveis de Penedo e também realizar uma pesquisa para fazer um comparativo sobre os preços cobrados nas cidades que abrangem a área da subseção, como: Penedo, Feliz Deserto, Piaçabuçu, Porto Real do Colégio, Igreja Nova e Junqueiro. Depois disso, com tudo documentado, a gente terá fundamentos para poder agir”, explicou Alves.

No entanto, apenas com o anúncio de tais medidas, os preços começaram a cair. Se a OAB juntamente com a Comissão de Direito do Consumidor e o Ministério Público Estadual continuarem a fiscalizar, esses valores podem cair ainda mais para que os consumidores possam pagar pelo que realmente é justo, sem abusos.


 

por Redação

AquiAcontece.com.br © 2016 - Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do AquiAcontece.com.br.