15 Janeiro 2021 - 15:49

Santa Casa de Penedo recebe Estação de Tratamento de Efluentes para ser usada no setor de hemodiálise

Giraldo Freitas - aquiacontece.com.br
O custo de uma estação nova está estimado em R$ 250 mil.

A Santa Casa de Misericórdia de Penedo deu mais um passo importante para a concretização do sonho de dotar o complexo hospitalar com um setor próprio de hemodiálise. Nesta sexta-feira, 15 de janeiro, a instituição filantrópica recebeu uma Estação de Tratamento de Efluentes (ETE) para ser usado na área que é indicada para pacientes com insuficiência renal aguda ou crônica graves.

A doação foi feita pela unidade de Marechal Deodoro da Krona Tubos e Conexões. O equipamento estava inativo desde quando o efluente produzido na fábrica foi direcionado diretamente para a central de tratamento do polo industrial.

Após uma avaliação técnica feita pela RB Engenharia e Consultoria, a Krona constatou que o equipamento estava em boas condições e imediatamente buscou uma entidade de caráter filantrópico para oferecer gratuitamente a ETE e a Santa Casa foi a grande escolhida. A capacidade da ETE é de tratar até 2,25 m3 de efluentes por hora.

Após a entrega do equipamento, houve a assinatura do documento de doação por representantes da Krona e da Santa Casa.

Para o provedor da Santa Casa, Eduardo Regueira, a doação chega no momento certo onde, graças ela, será possível realizar finalmente o tratamento adequado dos efluentes, em benefício do meio ambiente. “A ETE vem no momento certo e a economia que proporciona é de grande importância para uma instituição filantrópica que trabalha com grande esforço e apoio da sociedade para manter seus serviços de saúde essenciais para a população".

O custo de uma estação nova está estimado em R$ 250 mil.


 

por Redação

Comentários comentar agora ❯