Mundo Musical

Mundo Musical

Cantores(as), bandas, lançamentos, áudios, letras, traduções e muito mais

Postado em 26/11/2021 09:10

Dar Uma Namorada – Israel e Rodolffo

Letra - Dar Uma Namorada

Toma cuidado com o que você anda falando
Na hora H
De acordo com a lei dos solteiros
Cama não é local pra se declarar

Tudo que cê ta falando
Pode ser usado a favor de você
Já pensou se acredito e me apego
Não vai ter pra onde correr

Cê não vai, me iludir de graça
Me atiçou, vai ter q dar uma namorada
Se não ta querendo rolo, então não caça
Me atiçou, vai ter q dar uma namorada

Comentários comentar agora ❯

Postado em 19/11/2021 09:28

Masculinidade - Tiago Iorc

Letra - Masculinidade

Masculinidade
Eu tava numa de ficar sumido
Dinheiro, fama, tudo resolvido
Fingi que não mas na verdade eu ligo
Eu me achava mó legal
Queria ser uma unanimidade
Eu quis provar minha virilidade
Eu duvidei da minha validade
Na insanidade virtual
Eu cuido pra não ser muito sensível
Homem não chora, homem isso e aquilo
Aprendi a ser indestrutível
Eu não sou real
Conversando com os meus amigos
Eu entendi que não é só comigo
Calar fragilidade é castigo
Eu sou real
Cuida, meu irmão
Do teu emocional
Cuida do que é real
Cuida, meu irmão
Do teu emocional
Cuida do que é real
Masculinidade frágil, coisa de menino
Eu fui profano e sexo é divino
Da minha intimidade, fui um assassino
Que merda…
Quando criança, era chamado de bicha
Como se fosse um xingamento
Que coisa mais esquisita
Aprendi que era errado ser sensível
Quanta inocência
Eu tive medo do meu feminino
Eu me tornei um homem reprimido
Meio sem alma, meio adormecido
Um ato fálico, autodestrutivo
No auge e me sentindo deprimido
Me vi traindo por ter me traído
Eu fui covarde, eu fui abusivo
Pensei ser forte, mas eu só fugi…
E caí na pornografia
Essa ***** só vicia
Te suga a alma, te esvazia
E quando vê passou o dia
E você pensa que devia
Ter outro corpo, outra ****
A ansiedade vem e fica
Caralho, isso não é vida!
Cuida, meu irmão
Do teu emocional
Cuida do que é real
Cuida, meu irmão
Do teu emocional
Cuida do que é real
Meu pai foi minha referência de homem forte
Trabalhador, generoso, decidido
Mas ele sempre teve dificuldade de falar
O pai do meu pai também não soube se expressar
Por esses homens é preciso chorar
E perdoar…
Essa dor guardada
Até agora, enquanto escrevo
Me assombra se o que eu digo é o que eu devo
Um eco de medo
O que será que vão dizer?
O que será que vão pensar?
A rejeição ensina cedo
Seja bem bonzinho ou então vão te cancelar
Que complexo é esse? Mamãe, é você?
Me iludi nessa imagem, tentei me esconder
Eu só posso ser esse Tiago
Cheio de virtude, cheio de estrago
Que afago crescer, aceitar


Ai, ai…
Esse homem macho, machucado
Esse homem violento, homem violado
Homem sem amor, homem mal amado
Precisamos nos responsabilizar, meus amigos
A gente cria um mundo extremo e opressivo
Diz aí, se não estamos todos loucos
Por um abraço
Que cansaço
Cuidado com o excesso de orgulho
Cuidado com o complexo de superioridade, mas
Cuidado com desculpa pra tudo
Cuidado com viver na eterna infantilidade
Cuidado com padrões radicais
Cuidado com absurdos normais
Cuidado com olhar só pro céu
E fechar o olho pro inferno que a gente mesmo é capaz
Cuida, meu irmão
Do teu emocional
Cuida do que é real
Cuida, meu irmão
Do teu emocional
Cuida do que é real
Minha alma é profunda e se a foga no raso
Minha alma é profunda e se afoga no raso
Minha alma é profunda e se afoga no raso
Eu fico zonzo
Fico triste
Fico pouco
Fico escroto
Eu sigo à risca
O que é ser homem
Isso não existe
A vida insiste
O tempo todo
Que eu repense
O que é ser homem?
O que é ser homem?
O que é ser homem?

O que é ser homem?
O que é ser homem?
Há tantos e tantos
E tantos e tantos e tantos
Possíveis homens
Homem real e não ideal
Ser homem por querer se aprender, todo dia
Dominar a si mesmo
Apesar de qualquer fobia: respeito
Tem que ter peito
Tem que ter culhão pra amar direito
Vou dizer que não?
Esperando sentado por salvação?
Conexão, empatia, verdade
Divino propósito: responsabilidade
Deitar a cabeça no travesseiro e sentir paz
Por ter vivido um dia honesto
Ah…
Ser homem exige muito mais do que coragem
Muito mais do que masculinidade
Ser homem exige escolha, meu irmão
E aí?

Comentários comentar agora ❯

Postado em 12/11/2021 09:34

Ausência - Marília Mendonça

Letra - Ausência

Sei bem
o que te faz bem eu sei
Mas no fundo eu já tentei não faltou coragem

É uma hora eu ia me tocar que você não vai mais voltar
Não receber mensagem também é mensagem

Sei que o pra sempre virou pó
E na cabeça deu um nó mas eu tô bem consciente
Mas amei
Amei sozinho mas por dois
Me conformei que agora e não depois
Vou ter que seguir em frente

Preocupa não
Que eu não vou bater no seu portão

Preocupa não
Que não vai ver mais o meu nome, nenhuma ligação
Preocupa não
Que eu vou tomar vergonha na cara

Preocupa não
Pra um bom entendedor
Meia ausência basta

Comentários comentar agora ❯

Postado em 05/11/2021 09:32

Google Da Minha Vida – MC Ryan SP Feat. Pedro Lotto

Letra - Google Da Minha Vida

Vem de luto
Pra tocar no coração
(No coração)
Mais uma vez pensando na minha morena
Pra tocar no coração
Vem de luto
Pra tocar no coração
Tubarão, oh

Mó curtição, pegar sem se apegar
Enquanto a Mary Jane rola pelo ar
Só botadão deixa o tesão rolar
E eu aqui fascinado na sua sentada
Corpos suados colados juntos, mais conectados

Somos o poço do afago, mesmo assim mais apegado
Amores sofrem maus tratos, há dores murchas no vaso
Sem você nada é engraçado, com você é tudo mudado

'Cê é tipo Google da minha vida
Tudo que eu procuro eu encontrei em você
Sempre que me chama de vida
Sempre te respondo que 'cê é meu bebê

A lua até beijou o mar
Pra não ficar de vela vendo o meu beijo meu e dela
Os quatro pedidos de se amar
Eu, você o mar e ela

Sabe aquela uma em um milhão? Achei
Relutei bastante, mas não teve jeito
Cheia de visão, me identifiquei
O meu orgulho arranquei do peito

Hoje é progresso e love
E eu no toque de um belo trator
Ao me conhecer nem tinha bode
E assim mesmo comigo fechou

Ê, ela é tipo a preta do som do Kaxeta
Surtada, tempestade em copo d'água
Companheira dedicada, mas é de venida
Do nada acorda com a pá virada

Dá pra nós tentar se embolar se tu quiser
Dinheiro é quase nada, mas 'to chapadão de fé
Convicto com a fé, deixa a maré levar
Se a onda subir, eu te ensino a nadar

'Cê é tipo Google da minha vida
Tudo que eu procuro eu encontrei em você
Sempre que me chama de vida
Sempre te respondo que 'cê é meu bebê

A lua até beijou o mar
Pra não ficar de vela vendo o meu beijo meu e dela
Os quatro pedidos de se amar
Eu, você o mar e ela

Comentários comentar agora ❯

Postado em 29/10/2021 09:18

Ameaça – Paulo Pires Feat. MC Danny e Marcynho Sensação

Letra - Ameaça

Pra quê, pra quê, pra quê?
Que eu fui abrir o áudio dela no rolê?
Que eu fui abrir o áudio dela no rolê?
Prostituto, vagabundo
Não vale nada
Te ligando e só chamada recusada
Você na rua e eu em casa
Naquela tara, usando nada
Não é ameaça, hoje a gente larga

Quem quer largar não passa a noite acordada
Na cama pelada
(A noite quer varada)
Esperando pra esfregar a raba
Quem quer largar não passa a noite acordada
Na cama pelada
(A noite quer varada)
Esperando pra esfregar a raba
Não dorme não, que eu tô chegando

E vai
Tapa, tapa, tapa, tapa, varada
Tapa, tapa, tapa, varada
Na raba, machuca, machuca
Tapa, tapa, tapa, tapa, varada
Tapa, tapa, tapa, varada
Na raba

Pra quê, pra quê, pra quê?
Que eu fui abrir o áudio dela no rolê?
Que eu fui abrir o áudio dela no rolê?
Prostituto, vagabundo
Não vale nada
Te ligando e só chamada recusada
Você na rua e eu em casa
Naquela tara, usando nada
Não é ameaça, hoje a gente larga

Quem quer largar não passa a noite acordada
Na cama pelada
(A noite quer varada)
Esperando pra esfregar a raba
Quem quer largar não passa a noite acordada
Na cama pelada
(A noite quer varada)
Esperando pra esfregar a raba
Não dorme não, que eu tô chegando

E vai
Tapa, tapa, tapa, tapa, varada
Tapa, tapa, tapa, varada
Na raba, machuca, machuca
Tapa, tapa, tapa, tapa, varada
Tapa, tapa, tapa, varada
Na raba

Comentários comentar agora ❯

Postado em 22/10/2021 09:37

A Queda – Gloria Groove

Letra - A Queda

Respeitável público
Um show tão maluco
Essa noite vai acontecer aqui
A gente vai armar um circo
Um drama com perigo
E nessa corda bamba
Quem vai caminhar sou eu

E venha ver
Os deslizes que vou cometer
E venha ver
Os amigos que eu vou perder
Nao tô cobrando entrada
Vem ver o show na faixa
Hoje tem open bar
Pra ver minha desgraça

Extra! Extra!
Não fique de fora dessa
Garanta seu ingresso pra me ver fazendo merda
Extra! Extra!
Logo logo o show começa
Melhor do que a subida
Só mesmo assistir a queda

(2x)
Na Na, Na Na Na,
Na Na Na, Na Na, Na Na

Então pode pá!
Ra-tá-tá-tá
Podem tentar mas não vão me pegar
Terror nenhum!
Dum dum dum dum
Com meu poder derrubei um por um
Vivem fazendo de tudo pra te atingir
Eles agem como animais
Curiosidade matou o gatinho
Mas essa gatona tá viva demais
Daqui do alto não tô te escutando
Cê vai falando, eu vou faturando
Sei que cê gosta de ouvir os aplauso
Mas gosta muito mais de me ver sangrando
A carapuça serviu
Cadê você? Ninguém viu!
Tô dominando o Brasil
Apaputakipariu

Comentários comentar agora ❯

Postado em 15/10/2021 09:49

Geleira do Tempo - Anavitória (Com Jorge e Mateus)

Letra - Geleira do Tempo

Não te conheço tão no fundo pra entender
O que você diz em silêncio
Suponho tantas coisas, mas não sei
Se é a minha vontade inventando a sua

Será que a gente tá pensando o mesmo?
Não tem ninguém pra nos testemunhar
E o que acontece entre nós, é coisa nossa

A gente se encontra nas mesmas ideias
De vida, de gente e de desconstrução
No espaço que existe entre a raiva e a risada
E rir com você dos problemas, me parece bom

Será que a gente tá querendo o mesmo?
Só tem nós dois aqui, pode dizer
Se eu também tava na sua cabeça
É que você nunca saiu daqui não, não

E quando eu tento decifrar, eu vejo
Qual o tamanho desse sentimento
Adormecido e preservado nessa geleira do tempo

Cada minuto que eu te vejo, é pouco
Pra essa vontade que explode aqui dentro
Qual é o poder da colisão de dois corações desatentos?
(De dois corações desatentos)

Seu olho me encarando
e eu implorando seu beijo, em silêncio
À nossa volta, o mundo congelado, esperando o momento
Já nem me lembro mais há quanto tempo
eu te quero aqui dentro
Só de pensar que vai acontecer, eu não sei se eu aguento

E quando tento decifrar, eu vejo
Qual é o tamanho desse sentimento
Adormecido e preservado nessa geleira do tempo

Cada minuto que eu te vejo, é pouco
Pra essa vontade que explode aqui dentro
Qual é o poder da colisão de dois corações desatentos?

E quando eu tento decifrar, eu vejo
Qual é o tamanho desse sentimento
Adormecido e preservado nessa geleira do tempo

Cada minuto que eu te vejo, é pouco
Pra essa vontade que explode aqui dentro
Qual é o poder da colisão de dois corações desatentos?

Comentários comentar agora ❯

Postado em 08/10/2021 11:06

Alvejante – Priscila Senna Feat. Zé Vaqueiro

Letra - Alvejante

Cê não avisou
Pro meu coração
Que tava passando só de visita
Que o lance ia ser passageiro
Que o há ver navios, Cairia perfeito

Pra mim…

Lavei a roupa de cama
Mas o infeliz do teu cheiro tá entranhado em mim
Dei geral na casa toda e no coração esqueci
Fui no supermercado comprar alvejante que o meu acabou
Mas o material de limpeza, limpa sujeira não limpa amor

Comentários comentar agora ❯

Postado em 01/10/2021 10:26

Jeito Matuto – Edy e Nathan Feat. Rai Saia Rodada

Letra - Jeito Matuto

É que eu vim lá do mato
Sou vaqueiro bruto
Meu cheiro é de gado
Meu jeito é matuto

Se foi assim que me escolheu
Se ajeita e vem morar mais eu

É que eu vim lá do mato
Sou vaqueiro bruto
Meu cheiro é de gado
Meu jeito é matuto

Se foi assim que tu me quis
Prometo te fazer feliz

Por seu amor eu resolvi mudar
Saí do lugar onde me criei
Até tava tentando acostumar
Você é prova viva que tentei

Larguei minhas botinas meu chapéu
Tentei mudar até o meu sotaque
Mas se me conheceu daquele jeito
Então não tem porque usar disfarce

É que eu vim lá do mato
Sou vaqueiro bruto
Meu cheiro é de gado
Meu jeito é matuto

Se foi assim que me escolheu
Se ajeita e vem morar mais eu

É que eu vim lá do mato
Sou vaqueiro bruto
Meu cheiro é de gado
Meu jeito é matuto

Se foi assim que tu me quis
Prometo te fazer feliz

Comentários comentar agora ❯

Postado em 17/09/2021 09:52

Fim da Noite - Zé Vaqueiro

Letra - Fim da Noite

Você fala só fala
Mas no fundo
Isso tudo é só fogo de palha
Da pra ver que você
Não consegue me esquecer
Você corre
Você foge
Mas sempre acaba assim
Ligando pra mim…

No fim da noite você me procura
Bateu saudade ninguém te segura
La vem você correndo pro meu beijo
Tô sempre pronto pra matar o teu desejo

No fim da noite você me procura
Te dizer não pra mim é uma tortura
Você faz falta aqui não tem jeito
Tô sempre pronto pra matar o teu desejo

Comentários comentar agora ❯