Roberto Lopes

Roberto Lopes

Formado em Letras, Jornalismo com pós-graduação em Comunicação Empresarial e Advogado

Postado em 03/03/2020 08:31

Câmara Mirim 2020 recebe projetos de lei de estudantes até 3 de julho

plenarinho.leg.br
Câmara Mirim 2020 recebe projetos de lei de estudantes até 3 de julho
Para estudantes do 5º ao 9º ano do ensino fundamental

Termina em 03 de julho o prazo para que estudantes do 5º ao 9º ano do ensino fundamental enviem seus projetos de lei para participar do Câmara Mirim 2020. As propostas devem ser escritas individualmente, com ideias originais, sobre temas que possam melhorar de alguma forma a vida dos brasileiros. Os autores dos três melhores projetos de lei virão a Brasília para defender suas ideias como deputados mirins nos dias 22 e 23 de outubro.

Além dos três escolhidos por meio dos projetos de lei enviados, participam do programa outros estudantes, também do 5º ao 9º ano, selecionados por educadores. A escolha desses educadores, por sua vez, é feita por meio de concurso de redação. São selecionados 10 educadores e, cada um eles, pode levar até 30 alunos.

Câmara Mirim
O Câmara Mirim é um programa educativo de simulação do processo legislativo, promovido pelo Plenarinho – o programa de relacionamento da Casa com o público infantojuvenil. Durante dois dias, estudantes de todo o Brasil vêm a Brasília para viver, na prática, a experiência de serem parlamentares, que inclui desde a elaboração dos projetos de lei até o debate nas comissões e a votação em Plenário.

As inscrições podem ser feitas no portal do Plenarinho.

 

 

 

 

 

 

Fonte: Agência Câmara

Comentários comentar agora ❯

Postado em 28/02/2020 20:47

Senado analisa projeto de lei que permite mulheres prestarem serviço militar

Fernando Frazão/ABr
Senado analisa projeto de lei que permite mulheres prestarem serviço militar
Projeto garante às mulheres o direito de opção ao serviço militar

Tramita no Senado Federal, projeto de lei, de autoria da ex-senadora Vanessa Grazziotin, que garante às mulheres o direito de opção ao serviço militar. A proposta dá nova redação ao parágrafo 2º do artigo 2º da Lei nº 4.375, de 17 de agosto de 1964 (Lei do Serviço Militar). Pela proposta, as mulheres ficam isentas do Serviço Militar em tempo de paz, garantindo-se a elas a prestação voluntária desse serviço, de acordo com suas aptidões, desde que manifestem essa opção no período de apresentação.

Ainda pelo projeto, às mulheres, dentre outros, são garantidos pela legislação os seguintes direitos: licença maternidade; dispensa de uma hora, durante o expediente, para militar lactante, até o filho completar seis meses de idade; dispensa de atividade que envolvam esforços físicos ou exercícios de campanha para a militar gestante.

De acordo com a autora da proposta, o projeto ora apresentado tem o caráter de ação afirmativa e destina-se a assegurar às mulheres a prestação do serviço militar, desde que por ele optem no mesmo prazo legal previsto para a apresentação dos demais brasileiros. “Com isso, pretendemos dar às mulheres a oportunidade de participarem da realização desse serviço, que tantas lições de cidadania têm prestado aos brasileiros, com acesso igual para todos os gêneros”, disse Vanessa Grazziotin.

Comentários comentar agora ❯

Postado em 25/02/2020 19:02

Projeto cria Bolsa Educação para jovens desempregados de 16 a 20 anos

unama.br
Projeto cria Bolsa Educação para jovens desempregados de 16 a 20 anos
Projeto tramita em caráter conclusivo na Câmara dos Deputados

Tramita na Câmara dos Deputados, projeto de lei, de autoria do deputado Dr. Gonçalo (Republicanos-MA), que cria o Programa Bolsa Educação, ao jovem de 16 a 20 anos que se encontra desempregado, que esteja em situação de frequência regular na rede pública de ensino e da outras providencias.

O benefício, vinculado ao adolescente, destinado a unidades familiares que se encontrem em situação de pobreza ou extrema pobreza será pago até o limite de dois benefícios por família estipulado pela bolsa educação num valor de R$ 90,00 por mês.

As despesas do Programa Bolsa Educação ocorrerão nas contas das dotações alocadas nos programas federais de transferência de renda e no Cadastramento Único, com dotações do Orçamento da Seguridade Social da União que vierem a ser consignadas ao Programa.

O projeto, que tramita em caráter conclusivo, será analisado pelas comissões de Seguridade Social e Família; de Educação; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados.

“O Bolsa Educação dará incentivo a participação do jovem de forma ativamente na escola, proporcionando alterações significativas na avaliação do ensino dos municípios”, disse o autor do projeto.
 

Comentários comentar agora ❯

Postado em 20/02/2020 13:09

Comissão aprova projeto que obriga as escolas exigirem carteira de vacinação na matrícula

al.sp.gov.br
Comissão aprova projeto que obriga as escolas exigirem carteira de vacinação na matrícula
O projeto não impede a matrícula caso a carteira não esteja em dia

A Comissão de Assuntos Econômicos do Senado Federal aprovou, projeto de lei, de autoria do senador Wellington Fagundes (PL-MT), que dispõe sobre a apresentação da carteira de vacinação no ato de matrícula nas redes pública e privada de ensino da União, Estados, Municípios e Distrito Federal. O texto, porém, não impede a matrícula caso a carteira não esteja em dia.

Com isso, as escolas das redes públicas e privadas de ensino de todo o país deverão exigir dos pais ou responsáveis pelos alunos, no ato da matrícula ou rematrícula escolar, a apresentação da carteira de vacinação dos alunos, devidamente atualizada para a sua faixa etária, ficando assegurada a matrícula do aluno.

Caso a carteira de vacinação não seja apresentada, a unidade de ensino deve comunicar à unidade básica de saúde responsável pela vacinação do aluno para regularização da situação. E se a situação não seja regularizada no prazo de 30 dias, a escola deverá comunicar o Conselho Tutelar para as devidas providências.

Pela matéria, as crianças alérgicas ou que apresentem contraindicação à vacina devem ter a sua situação declarada por seus pais ou responsáveis por meio de documento médico que ateste as justificativas para a não vacinação. O projeto segue agora para a Comissão de Educação, à qual caberá a decisão final.

Comentários comentar agora ❯

Postado em 17/02/2020 09:25

Projeto autoriza policiais a exercerem atividade remunerada durante a folga

poder360.com.br
Projeto autoriza policiais a exercerem atividade remunerada durante a folga
Forças policiais poderão exercer atividades profissionais fora do horário de expediente

Tramita na Câmara dos Deputados, projeto de lei, de autoria do deputado Filipe Barros (PSL-PR), que permite que integrantes de forças policiais possam exercer atividades profissionais fora do horário de expediente de sua atividade policial. O texto será analisado em caráter conclusivo pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

De acordo com o autor da proposta, essa permissão deve ocorrer devido aos seguintes fatores: salários de forças policiais no Brasil, carga horária em sua atividade policial e alta capacidade de integrantes de forças policiais em manusear seus armamentos.

“Esses profissionais são treinados para o correto manuseio de armas de fogo. Desse modo, a utilização de forças policiais em empresas do setor privado contribui para o fortalecimento da sensação de segurança nesses locais, beneficiando não apenas o ente privado, mas também toda a sociedade”, disse Filipe Barros.
 

Comentários comentar agora ❯

Postado em 13/02/2020 09:36

Eduardo Tenório confirma candidatura a reeleição e desmente ser vice em Quebrangulo

Divulgação
Eduardo Tenório confirma candidatura a reeleição e desmente ser vice em Quebrangulo
Presidente da Uveal, Eduardo Tenório confirma candidatura a reeleição

O presidente da União dos Vereadores de Alagoas (Uveal) e vereador na cidade de Quebrangulo, Eduardo Tenório (PMN), desmentiu qualquer notícia que vincula seu nome a uma possível candidatura a vice-prefeito naquela cidade. O nome de Eduardo surgiu primeiramente como vice de Emanoel Cardoso e depois como vice de Marcelo Lima. “Tudo isso não passa de fake news para tentar desviar o foco do nosso trabalho a frente destas duas instituições”, afirmou.

Eduardo que também é presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Quebrangulo confirmou que será candidato a reeleição tanto no legislativo municipal, bem como à presidente da Uveal. “Nunca tive compromisso com Emanoel Cardoso nem com Marcelo Lima, como vem sendo divulgado. Sempre pensei no legislativo e pautei minha vida política neste sentido. Vou continuar vereador para tentar mais na frente ser reeleito para presidente da Uveal”, informou.

O vereador disse ainda, quer está focado em seu trabalho tanto como vereador em Quebrangulo quanto a frente da Uveal. “Estamos juntos com os outros colegas vereadores, colocando em prática uma pauta positiva, levando a Uveal para mais próximos dos representantes da câmara mirim. Isso tudo, sem esquecer, é claro, do nosso trabalho na Câmara de Quebrangulo. Estes são os meus únicos objetivos no momento”, concluiu Eduardo Tenório

Comentários comentar agora ❯

Postado em 12/02/2020 21:23

Produtores de cinco cidades alagoanas receberão o Garantia-Safra 2018/2019

Banco de imagem
Produtores de cinco cidades alagoanas receberão o Garantia-Safra 2018/2019
O Garantia-Safra tem como objetivo garantir a segurança alimentar de agricultores familiares

A partir de fevereiro, os produtores de Mata Grande, Minador do Negrão, Ouro Branco, Poço das Trincheiras e São José da Tapera terão disponível o benefício Garantia-Safra, ano 2018/2019. Também serão beneficiados os produtores de Caturité e Umbuzeiro na Paraíba e das cidades Águas Belas, Caruaru, Pedra, Riacho das Almas, São Caitano e Venturosa em Pernambuco

O benefício será pago para 9.769 unidades familiares para cobrir perdas com a seca. A Portaria 7, que determina o pagamento, foi publicada ontem, terça-feira (11), pela Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). O montante autorizado para esses agricultores, até o mês de junho de 2020, chegará a R$ 8,3 milhões.

O objetivo do Garantia-Safra é garantir a segurança alimentar de agricultores familiares que residam em regiões sistematicamente sujeitas à perda de safra, por razão de estiagem ou enchente. Os agricultores que têm direito a receber o benefício são os que têm renda mensal de até um salário mínimo e meio, quando tiverem perdas de produção em seus municípios igual ou superior a 50%.

O Garantia-Safra prevê o repasse de R$ 850, divididos em cinco parcelas de R$ 170. O benefício é disponibilizado obedecendo o calendário de pagamento dos benefícios sociais.
 

 

 

 

 

 

 

Com informações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Comentários comentar agora ❯

Postado em 10/02/2020 20:20

Projeto cria o Programa Jovem Cidadão do Mundo para alunos da rede pública em Alagoas

ALE/AL
Projeto cria o Programa Jovem Cidadão do Mundo para alunos da rede pública em Alagoas
O projeto será analisado pelo plenário da Assembleia Legislativa

O Vice-Governador no exercício do cargo de Governador do Estado, Luciano Barbosa encaminhou ao Poder Legislativo Estadual, projeto de lei, que dispõe sobre a criação do Programa Jovem Cidadão do Mundo, que visa ofertar Programas de Intercâmbio Internacional aos alunos do Ensino Médio da Rede Pública Estadual, define critério para seleção dos estudantes nos programas e cria a Bolsa-Intercâmbio, e dá outras providências.

A proposição cria o Programa Jovem Cidadão do Mundo, que visa a ofertar aos estudantes do ensino médio da Rede Pública Estadual de ensino do Estado de Alagoas, de forma gratuita, por meio de bolsas, Programas de Intercâmbio Internacional, supervisionados e custeados pelo Poder Público Estadual.

Somente pode participar deste Programa de Intercâmbio Internacional o estudante regularmente matriculado no ensino médio das escolas públicas estaduais que atenda aos seguintes requisitos:

I – possua no mínimo 15 (quinze) anos até a data do embarque da viagem, e no máximo 20 (vinte) anos até a data do retorno do intercâmbio;

II – não tenha sido reprovado nos últimos 3 (três) anos cursados na Rede Pública Estadual de Ensino;

III – haja se submetido a processo regular de concessão de visto, conforme as normas de cada país destinatário;

IV – tenha obtido, ao longo do ano letivo anterior ao do início do programa, frequência mínima de 85% (oitenta e cinco por cento) nas aulas regulares da escola do ensino médio em que esteja matriculado, bem como tenha alcançado a média mínima de 70,0 (setenta) pontos no desempenho acadêmico escolar nas disciplinas de português e matemática;

V – tenha obtido frequência mínima de 85% (oitenta e cinco por cento) e aprovação por média nos cursos de idiomas oferecidos pelo Estado de Alagoas de que tenha participado;

VI – tenha sido autorizado a participar do Programa de Intercâmbio por seu responsável legal; e

VII – tenha sido aprovado em processo seletivo, de caráter eliminatório e classificatório, dentro do número de vagas disponibilizadas.

A seleção dos estudantes da Rede Pública Estadual para participação nos programas realizar-se-á por meio de processo seletivo, com vistas ao preenchimento das vagas ofertadas que poderá variar a cada ano até 100 (cem) vagas conforme disponibilidade de recursos do Estado.

O valor da bolsa de instalação será de R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais) e da bolsa de manutenção será de R$ 800,00 (oitocentos reais), acrescido das taxas e custos de remessa cobrados pelo banco ou câmbio para efetivação da transferência, podendo ser ajustado mediante Decreto, com a finalidade de manter o poder aquisitivo em relação à moeda corrente no país destino do estudante selecionado para participar do programa.

De acordo com Luciano Barbosa, com a implementação do Programa Jovem Cidadão, os alunos terão a oportunidade de estudar in loco outro idioma, desenvolvendo a sua capacidade de autonomia e independência, ampliando seus conhecimentos e melhorando as condições de ingresso no mercado de trabalho com um currículo diferenciado.

“Além disso, ao experimentarem o contato direto com outra cultura, ampliarão seus horizontes e leque de opções para desenvolver trabalhos futuros. Tal experiência trará condições para amadurecimento e crescimento pessoal dos jovens estudantes alagoanos”, disse Luciano Barbosa.

Comentários comentar agora ❯

Postado em 03/02/2020 14:20

Aprovado projeto que proíbe o Estado de Alagoas apreender veículos com IPVA atrasado

ALE/AL
Aprovado projeto que proíbe o Estado de Alagoas apreender veículos com IPVA atrasado
Projeto é de autoria do deputado Francisco Tenório

As comissões de Constituição e Justiça e de Administração da Assembleia de Alagoas aprovaram projeto de lei, de autoria do deputado Francisco Tenório (PMN), que dispõe sobre o porte e pagamento de tributos, taxa e multas de veículos automotores, proibindo a apreensão e da outras providências. Agora, a matéria já está pronta para ser votada no plenário da Casa após o recesso parlamentar. 

O projeto proíbe à apreensão ou retenção de veículos por autoridade de trânsito em função da não comprovação de pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), do Seguro Obrigatório de Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de via Terrestre (DPVAT), e do Licenciamento.

Ainda de acordo com a proposta, o veículo só poderá ser apreendido se a autoridade fiscalizadora identificar a ocorrência de outras hipóteses de recolhimento ou apreensão previstas na Lei Federal nº 9.503 de 23 de dezembro de 1997 (Código de Trânsito Brasileiro).

A proposição também obriga a autoridade administrativa estadual atender requerimento do proprietário interessado na retirada do veículo apreendido, exclusivamente em decorrência do não pagamento de IPVA e taxas até a data de entrada em vigor desta lei, que promoverá sua restituição sem ônus para o contribuinte.

De acordo com o autor do projeto, o Estado possui outros meios de efetuar estas cobranças, como por exemplo, a execução fiscal, a negativação do proprietário nos cadastros de inadimplência e consequentemente a proibição e comercialização do veículo antes de sanar os impostos que nele recai.

“A corrente majoritária jurídica nos tribunais superiores, com amparo na Constituição Federal é de que não cabe a retenção do bem para garantir o pagamento dos impostos, configurando assim, um confisco que não tem amparo legal. Portanto, este projeto acaba com a prática ilegal de apreensão de veículos e determina a devolução dos que se encontram hora apreendidos”, destacou Francisco Tenório.
 

Comentários comentar agora ❯

  • Wellington vitor (Nossos) políticos deviam pensar mais no cidadão parabéns deputados Francisco Tenório se não daqui a pouco o prefeito governo vai tomar nossas casa também quero lembrar desse absurdo que equatorial está fazendo com pobres o serviço muito ruim cobranças cortes sem necessidades absurdo um recibo já
  • VANUTERIO HOLANDA Parabéns nobre deputado excelente iniciativa de parte sempre preocupado com o social do nossso estado
  • Advanessa Está de parabéns preciso.de um trabalho também
  • Erivaldo oliveira fernandes da silva Parabéns deputado Francisco tenorio
  • JOAO ACIOLY LINS NETO O bom é que mesmo sem amparo legal, faz séculos que os órgãos fiscalizadores apreendem os veículos com pendências.
  • Osman Lima da rocha Muito bem
  • Grimoaldo Lins Já era tempo de se acabar com essa ARBITRARIEDADE de confisco de bens do povo sem a observância dos ditames legais. Para que haja a constrição de bens do povo é preciso que haja o devido processo. Nesses casos existe em favor do Estado o processo de execução fiscal.
  • José Roberto Antunes Senhores deputados peço que tome providências quanto a essa empresa chamada equatorial.
  • Alex Maciel Pereira da silva Parabéns deputado é desse jeito que vejo o quanto é valioso meu voto .com político como vc que pensa em quem não tem condições de siquer retira seu veículo imagina pagar essa robaria absurda .que deus abençoe que venha para nos ajuda fico pensando quantos pai de família vai votar atrapalhar
  • Jose Bonifacio Deputado veja também essa empressa Equatorial ta um abisurdo oque ela nada fazendo xom o consumidor, ontem mesmo meu primo saiu pra faze um exames pq ele e doente. Ele e cardiaco, tem problema respiratorio, quando fui deixa ele em casa a energia tava cortada tive que volta com ele pra minha casa
  • Neilton farias de morais nasc Bom dia até que fim temos um deputado lutando por toda população alagoana quê possui um bem comprado com muito trabalho do governo tomava obrigando o cidadão a deixa de consegui a comida dos seu filhos por não poder emplacar seu veículo mas também sei quê precisamos comprei com nossos dever obrigad
  • José Muniz Bom dia. Parabéns pela iniciativa do site, em nus trazer boas informações.
  • James Pino Como sempre os representantes insultando a população viver de ilicitude. A apreensão neste é apenas medida administrativa que faz com todos cumpram com suas obrigações tributária. Isso só fomentar a exploração daqueles que pagam pelos outros
  • Artur Ta de parabéns deputado até em fim alguém de coragem esses ja basta esta equatorial roubano a população
  • Claudinete. Santos Parabéns deputado. Vamos agora fiscalizar a execução dessa lei pra que possa ser cumprida. O senhor como nosso representante deveria também fiscalizar Equatorial,por que chega nas nossas casa itimidando os moradores e mexendo nos contadores de energia elétrica, e depois diz que tem algo errado.
  • Gustavo Souza ferreira parabéns deputado como sempre trabalhando em pró do povo alagoano ,é aí onde vemos que vale muito a pena um voto bem dado ,sempre votei e nunca vou Deixar de votar em vossa excelência,o povo agradece ,parabéns ????????????????
  • Marcos Lira Parabéns deputado pela sua iniciativa, os demais colegas deveriam agir com está mesma seriedade e dar um basta as arbitrariedades. Agora deputado, em sua pauta, tenta colocar um basta nesta equatorial, o povo não aguenta mais com essas cobranças abusivas. É um absurdo. O povo agradece e não esquece
  • Paulo Santos Parabéns deputado vc e top. Agora falta ver a questao dos combustíveis que tá muito auto
  • Flávio Henrique Parabéns deputado por lutar pelos direitos do povo . Numa época de dificuldades, não está sendo fácil para o trabalhador pagar suas contas em dia. Dever não quer dizer que não será pago. A apreensão do veículo só piora a situação do cidadão, atrasando mais ainda a data do pagamento.. Agradecemos !!!
  • Gilvan Bispo da Conceição A apreensão de veículos se dá por conta da Lei Federal n° 9.503/97 e nao por vontade dos agentes de trânsito. O problema é que faz-se leis sem a devida observância à Carta Magna. Agora vem o estado legislar sobre trânsito sem ter competência, essa matéria compete à União. O povo será outra vez.
  • Genesio José da Silva Tenho acompanhando de perto essa situação a qual também fui vítima dessas ações de recolhimento de transporte. Eu já estava desacreditado sobre essas possibilidades de alguém tomar nossas dores e de fato nós defender... Parabéns Francisco Tenório pela ousadia de enfrentar esse sistema corrupto...
  • Nilson mario Parabens deputado se o sr poder tambem veja a insencao do ipva que era de carros com 15 anos de uso que esse governador tirou agora so sao carros do ano de fabricacao 2000 obg o sr teve meu voto e votarei dinovo
  • Laertson Ferreira Freitas Parabéns ao Deputado Francisco Tenório! Taí uma ótima iniciativa para facilitar um pouco mais a vida dos que pouco recebem! Seria bom, sei que não é da alçada deles, que retirassem essa equatorial de circulação o quanto antes, lixo de empresa.
  • Adilson de lima Projeto tá bom agora carro de pessoas mas ricas tem que apreender pq eles pode pagar
Postado em 29/01/2020 20:01

Governo de Alagoas irá fornecer merenda escolar mesmo no período de férias dos alunos

cgu.gov.br
Governo de Alagoas irá fornecer merenda escolar mesmo no período de férias dos alunos
O Governo poderá, ainda, fornecer um cartão alimentação

O Presidente da Assembleia Legislativa Estadual, deputado Marcelo Victor (SD), no exercício do cargo de Governador do Estado, sancionou a lei n.º 8.241/2020, que autoriza o Governo do Estado de Alagoas a fornecer alimentação de qualidade aos alunos da Rede Pública Estadual de ensino durante o período de férias e recesso escolar.

De acordo com a lei, que é de autoria da deputada Cibele Moura (PSDB), o fornecimento desta alimentação poderá se dar das seguintes formas: dentro das escolas; entrega de cesta básica; e cartão alimentação. O fornecimento de merenda se dará no mesmo horário e da mesma forma como fornecida durante o período letivo.

Caso o Governo do Estrado opte pela entrega de cesta básica, esta deverá ser entregue ao responsável legal dos alunos até três dias contados da data do recesso ou das férias. Governo poderá, ainda, fornecer um cartão alimentação, que permitirá que o responsável legal dos alunos adquiram alimentos em estabelecimentos previamente cadastrados pelo Poder Público.

“Cerca de nove milhões de crianças, durante o período das férias no Brasil, ficam com a segurança alimentar ameaçada. Muitos estudantes só vão para a escola para se alimentar. Infelizmente essa é uma realidade não só de Alagoas, mas do País. O presidente Marcelo Victor, que assume interinamente o governo de Alagoas, entendeu a necessidade social e sancionou o projeto, o que para mim enquanto parlamentar é muito gratificante por saber que estou contribuindo para que crianças não fiquem sem merenda nas suas férias”, afirmou Cibele. 
 

Comentários comentar agora ❯

  • Maria Gracineide Lima Da Silva Por que os colégio da prefeitura recebeu cesta básica e do estado não recebeu que come do mesmo jeito são igual
  • Jessica Priscylla pereira da Costa Como faco pra receber a cesta básica de minha duas filhas q está estudando em escolas públicas em Palmeira dos índios nao sou daqui e nao sei onde busca 083991776158