Rafael Medeiros

Rafael Medeiros

Formado em Letras, Direito e Comunicador pelo Sindirádio

Postado em 09/11/2009 16:11

De joelhos o "futuro" suplica o fim da violência

O dia a dia na editoria de um jornal, portal eletrônico ou rádio, nos depara com cenas impressionantes que marcam e deixam imagens praticamente congeladas em nossa mente. A violência que tem avançado e tomado proporções que levam para a própria banalidade, tem nos colocado em situações em que somente os ossos do ofício, podem revelar uma explicação plausível para a frieza e o profissionalismo que devem ser usados nesses momentos.

Algo que continua chocando são os crimes que envolvem crianças e, esses, parecem que no ritmo da assustadora violência que tomou Penedo, também se fazem presentes nos mais remotos cantos da cidade. Neste domingo (09), recebemos um e-mail em nossa redação, informando que uma cena triste chamava a atenção de pessoas que estavam na praça de Santa Cruz e nas proximidades. Eis que um homem começou a espancar uma mulher, possivelmente sua companheira e, somente parou quando de joelhos, um menino que deveria ter 7 ou 8 anos, pediu para que a cena de covardia fosse interrompida.

A pessoa que enviou o e-mail informou que ligou para a Delegacia Regional e foi orientado a contactar o Batalhão de Polícia Militar, mas, infelizmente não conseguiu falar com os militares pelos fones 3551-4234 e 4154. Não foi informado no e-mail se o 190 também foi tentado! Até o momento umas das instituições que tem gerado verdadeiro motivo de orgulho para o povo do Baixo São Francisco é sem dúvida alguma a Polícia Militar, principalmente os lotados no 11º Batalhão, atualmente comandado pelo competente Marcus Aurélio Pinheiro, que de forma honesta, cidadã e justa, tem conduzido os destinos do policiamento no município ribeirinho com respeito ao cidadão penedense que em paralelo tem contribuído e dignamente reconhecido o trabalho de nossos policiais militares.

Não há o que pensar muito quando presenciamos uma cena em que um desequilibrado emocionalmente baixa a pancada em sua companheira e marca seu filho para sempre, ocasionando brechas para que se torne um elemento traumatizado e com traços psicóticos, vítima de uma sociedade que lhe virou as costas de forma igual àquele que ele chamava de pai. A lei nesse caso protege a mulher espancada, enquadrando o sujeito covarde na Lei Maria da Penha. Ao acusado o estado garante o direito de defesa gratuita. Já ao pequenino o tempo se responsabilizará de apagar da sua mente a triste violência que lhe fez cair de joelhos e implorar que parassem de bater em sua mãe para que seu pequeno coração também parasse de doer.

Triste país em que o seu “futuro” agoniza de joelhos pelo fim da violência!
 

Comentários comentar agora ❯

Postado em 03/11/2009 16:19

Extra - Prefeito de Penedo é recordista em processos de improbidade

Ilustração
Extra - Prefeito de Penedo é recordista em processos de improbidade

O Semanário Extra, datado de 30 de outubro a 05 de novembro, trouxe em sua capa a seguinte chamada: “Prefeito de Penedo é recordista em processos de improbidade”. Na matéria que ocupa a página 10 do semanário, diversas denúncias são feitas contra o prefeito de Penedo, Alexandre Toledo (PSDB) que ocupa a cadeira do executivo penedense por seu terceiro mandato. A notícia correu os quatro cantos da cidade e em plena era digital, chegou aos mais longínquos lugares, espantando centenas de penedenses que hoje residem em outras plagas.

Na matéria há denúncia de que Toledo teria pago a um agiota com o erário, sendo justificado no recibo que uma mulher havia tomado dinheiro emprestado e como o marido estava desempregado a situação ficou difícil para sanar a dívida. A saída foi buscar ajuda financeira dos cofres públicos do município de Penedo, fato que pode ser comprovado e inclusive gerou um processo que corre no lento tramite judicial.

Outro processo refere-se ao número de alunos da educação municipal, que segundo dados do censo escolar, foi informado pela administração de Alexandre Toledo um número que quando comparado com o real, deixava um saldo de cerca de 2 mil alunos fantasmas nas salas de aulas da rede municipal de educação. E haja escola mal-assombrada!!!

A matéria também cita o pronunciamento do promotor de justiça, José Carlos Castro, que acompanha um processo que envolve o pagamento de diversas notas frias. Ele garante que está complementando as investigações e acredita que até o final do ano seja concluído. “O processo não está parado, estamos coletando informações, mas não posso adiantar o teor”, diz o promotor na matéria.

Na página 11 do mesmo semanário, há uma denúncia do vereador Alcides Andrade Neto (Cidoca - PR) revelando a contratação da Empresa Limpel sem a devida licitação. No entanto, a justificativa teria sido a situação calamitosa em que se encontrava a cidade logo no início do terceiro mandato de Alexandre Toledo.

Ao comentar sobre alguns processos eleitorais que também envolvem o atual prefeito de Penedo, Cidoca afirmou que Toledo responde por compra de voto e aliciamento de eleitores e ainda salientou que o Ministério Público Federal, através da procuradora regional eleitoral, Niedja Kaspary, pediu a cassação do prefeito de Penedo à juíza Ana Florinda que é relatora do processo.

De acordo com as informações da matéria que traz a denúncia de Cidoca, a magistrada tem empregados na Cooperativa dos Usineiros, que é comandada pela família Toledo, um filho e uma nora, sugerindo Cidoca que a relatora deveria ser substituída do processo.

Enquanto as sentenças não saem, somos obrigados a viver na ex-pacata Penedo que teve inclusive que criar agora uma Coordenadoria da Paz, talvez para gerenciar os conflitos dos palanques que ainda não foram desarmados e divide a cidade entre números e cores.
 

Comentários comentar agora ❯

Postado em 27/10/2009 22:11

E desovaram o cara!

Seria cômico se não fosse trágico, mas, no momento não é possível deixar de enrugar a testa com o abafar do riso. Eis que na manhã desta terça-feira, dia 27 de outubro, recebemos a informação na redação de jornalismo da Rádio Penedo FM, que um corpo teria sido localizado na estrada que dá acesso ao povoado Piauí, em Penedo e, sem demora partimos para tentar localizar, junto com uma viatura da Polícia Militar, o tal corpo visto por um popular.

Após alguns minutos a procura do cadáver, encontramos com a pessoa que teria localizado e ai ficou fácil em encontrar o dito. Lamentável a cena que vimos! Embaixo de uma ingazeira estava inerte o corpo, que pelas características foi enforcado, espancado e alvo de alguns disparos de arma de fogo.

Do local, entramos no ar, já no programa Lance Livre, para que pudéssemos relatar aos ouvintes o fatídico acontecimento. Assim o fiz! Poucos minutos após a primeira entrada, se fez necessário nova intervenção para dizer que encontramos uma lona e um saco de nylon, o que levava a crer que a vítima teria sido assassinada num local diferente de onde o corpo foi “desovado”.

Em nosso entendimento a palavra “desovado”, poderia ser compreensível a todos os ouvintes que naquele momento, pararam no pezinho do rádio para acompanhar a informação. Mas, eis que no início da tarde do mesmo dia, num determinado ponto comercial de Penedo, dois funcionários conversavam sobre o fato.

Um deles, indignado falou para o outro: “você ouviu meu irmão o que o Rafael Medeiros disse pela manhã? Mataram um homem e ainda desovaram o cara”. Nisso o outro que ouvia atentamente, respondeu com outra pergunta: “Será que tiraram os negócios dele antes de matar ou será que foi depois de morto?”

Realmente, seria cômico se não fosse trágico!

 

Comentários comentar agora ❯

Postado em 21/10/2009 10:03

O príncipe passou e confundiu Piranhas com Traíras

Cone Freire - aquiacontece.com.br
O príncipe passou e confundiu Piranhas com Traíras

O Herdeiro Real Dom João Orleans e Bragança veio, passou e seguiu seu caminho rumo ao Rio de Janeiro. O príncipe que refez a rota de Dom Pedro II, há 150 anos, encantou-se com as belezas do Velho Chico, com os casarios, igrejas e sobrados da histórica Penedo e principalmente com a conservação do prédio em que seu trisavô pernoitou na cidade ribeirinha.

Dom João viu também o assoreamento que sofre o rio, confundiu as cidades, trocando Piranhas por Traíras (talvez pelos que o rodearam durante algumas paradas), conheceu “a vida do povo ribeirinho”, saciou-se com verdadeiros ágapes que lhes foram oferecidos. Em alguns municípios, de forma isolada, mas, em outros com passe livre para toda ralé.

A passagem de Dom João pelas cidades que margeiam o Rio da Unidade Nacional, atraiu uma tonelada de jornalistas de todo o país. Profissionais que registraram todos os passos de Sua Alteza, que aqui em Alagoas, cumpriu a agenda elaborada pelo Projeto “Caminhos do Imperador”.

O governador Teotônio Vilela Filho que esteve no primeiro dia da viagem acompanhando o príncipe nas cidades de Piaçabuçu e Penedo, aproveitou para falar da estrada que ligará o último município banhando pelo São Francisco até a cidade de Piranhas, numa forma de oferecer aos turistas a oportunidade de fazer um novo percurso por terra, contemplando as belezas do Velho Chico.

Na manhã desta quarta-feira, dia 21, ouvi de um amigo a seguinte pergunta: “O que foi que o príncipe trouxe ou deixou para nós”? Até acho que ele trouxe e deixou sim algo para nós, mas... prefiro não comentar! O fato é que se os outros municípios banhados pelo Rio São Francisco recebessem a visita de Dom João de Orleans e Bragança e Penedo ficasse fora da rota eu tenho certeza que a pergunta seria a seguinte: “Por que ficamos fora da rota do príncipe”?

A vinda do herdeiro real fez Penedo aparecer nas páginas de cultura e turismo dos jornais, destacando o patrimônio e as belezas da cidade e isso já valeu a pena!

 

Comentários comentar agora ❯

Postado em 13/10/2009 16:37

Será que você vai para os próximos blocos?

A realização de festas está se tornando um deus nos acuda para quem compra as camisetas que possibilitam o acesso a corda ou local que os shows são realizados indoor (fechados) e uma dor de cabeça para quem realiza. Em Penedo dois eventos de grande porte marcaram os dias nos calendários de diversos jovens neste mês de outubro. O primeiro, “Cale a boca e beije logo”, organizado pela Maré Produções, do promoter Josué Marques (xará do presidente do legislativo municipal de Penedo), aconteceu com altos e baixos nos dias 10 e 11 de outubro.

Com mais baixos do que altos, os produtores, tiveram que mudar o local da festa, que seria na avenida Beira Rio, na orla ribeirinha, passando a anunciar a apresentação das bandas do domingo, em plena madrugada do próprio domingo, isso, depois de alguns problemas impedirem que a última banda da noite, a pagomania, pudesse realizar seu show, anteriormente anunciado.

No domingo a festa aconteceu normalmente, com um pouco de atraso, mas, com a apresentação de todas as bandas anunciadas como atrações. Nosso Samba, Kafuné e O Rodo, todas se apresentaram e fizeram bonito no ginásio da Filarmônica, que quase vem abaixo no sábado, depois de alguns contratempos.

Essa semana está programada uma nova festa, o Penedo Fest Music, dessa vez com apresentações indoor das bandas Gingado, Forró Brasil e Garota de Aluguel e também a realização de um arrastão com a banda seeawy. Torcemos para que tudo dê certo e novos projetos possam ser realizados sem frustrar os foliões e decepcionar os promoters que dedicam suas vidas à realização desses eventos e esperam também se tornar um folião no final da festa.

 

Comentários comentar agora ❯

Postado em 09/10/2009 13:49

Inoperância deixa floresta se apossar do Rosete Andrade

Inoperância deixa floresta se apossar do Rosete Andrade
Matagal em contraste com extensão de escola do município

Lamentável o descaso que vivem alguns bairros da cidade de Penedo com a falta de limpeza. Pensávamos que a empresa anteriormente contratada era a única responsável pelo desmantelo na limpeza pública, mas, mesmo com a coleta do lixo caseiro sendo feita todos os dias na maioria dos bairros, como acontece atualmente, os demais serviços básicos e necessários para a oferta de uma melhor qualidade de vida para a população estão completamente esquecidos pelos órgãos competentes.

Em conversa com o presidente do Rosete Andrade, Peterson, falei da quantidade de mato que estava tomando conta das ruas do conjunto. “Já estão chamando o conjunto de floresta”, ele falou. Resolvi passar pelas ruas do conjunto com um olhar mais atento e para a minha surpresa a bagunça na localidade está maior do que eu pensava. Fazendo-me refletir sobre a decepção que o ex-presidente, meu amigo, Vasconcelos amarga hoje, lembrando das promessas de meses passados.

Não só o mato está tomando conta das ruas do Rosete Andrade, mas, a falta de comprometimento se faz presente em todos os cantos do conjunto que já foi motivo de orgulho para Penedo. Ruas esburacadas, obras que parecem uma simples brincadeira de faz de conta (que deu certo), lixo em diversas quadras, proliferação de bichos peçonhentos, enfim, a cara de uma administração descomprometida com o povo. Fazer o quê?

E pelas ruas ainda ouvimos os que não se preocupam com crise e consequentemente com a cidade, cantarem: “Se o povo falar, falar, nem ligue, nem ligue e deixe o povo falar”. E o forró continua!!!


 

Comentários comentar agora ❯

Postado em 02/10/2009 18:07

É velha, mas funciona!

Paulo Cesar
É velha, mas funciona!
Viatura pertencia ao 1º BPM, em Maceió

Logo pela manhã do dia 02 de outubro os jornais eletrônicos anunciavam que as Delegacias Regional e Distritais de Arapiraca iriam receber viaturas novas. O anúncio foi feito no dia anterior pelo delegado-geral da Polícia Civil, Marcílio Barenco, quando participava de uma reunião do Conselho Municipal de Segurança Pública. Luciano Barbosa (PMDB), prefeito de Arapiraca apoiou a candidatura de Teotônio Vilela (PSDB) e trabalhou sua campanha no agreste alagoano, rendendo uma grande fatia dos votos válidos na região.

Em Penedo o atual prefeito Alexandre Toledo (PSDB) também repetiu o exemplo de Luciano e apoiou o governador que foi eleito em 2006. Aqui mais do que em qualquer outro lugar, se goza de uma amizade pessoal com o governador, porém, nunca perdemos tanto como agora. Nem mesmo quando o governador do estado era Ronaldo Lessa (PDT), que na época se estranhava com Toledo.

No município ribeirinho o prédio histórico da Coordenadoria de Ensino encontra-se fechado desde 2007. O Ginásio de Esportes Pe Manoel Vieira, espera a prometida reforma, feita pelo Secretário Adjunto de Esportes, Jorge VI, quando anunciou em entrevista à Rádio Penedo FM uma licitação para agosto, algo que até agora não aconteceu. A Delegacia.... essa nem é bom falar mais. E o veículo da SAMU, será que o novo ainda não foi fabricado? Continuemos aguardando, talvez o novo que veio para a implantação da base em Penedo, ainda precise desfilar por outros municípios antes de ser substituído.

Num episódio recente a cidade contaria com mais duas viaturas policiais para oferecer uma melhor condição de trabalho aos PM’s, mas, uma foi parar em Coruripe e outra está fazendo o policiamento das ruas de Palmeira dos Índios. Talvez esses municípios precisem mais de policiamento que Penedo. Fazer o quê?

Mas, não ficamos sem veículo, pois, um corsa que pertencia ao 1º Batalhão de Polícia Militar da Capital, foi mandado para promover o policiamento nas ruas da ex-pacata Penedo, que no mês de setembro registrou diversos homicídios. Fazer o quê se só sobrou mais uma vez um veículo velho para Penedo? Pelo menos funciona!

 

Comentários comentar agora ❯

Postado em 28/09/2009 22:08

A história oculta do mundo: A Pedofilia do Hamas

blog thelastcrusade.org
A história oculta do mundo: A Pedofilia do Hamas

Deu no blog thelastcrusade.org

Um evento de gala ocorreu em Gaza. O Hamas foi o patrocinador de um casamento em massa para 450 casais. A maioria dos noivos estava na casa dos 25 aos 30 anos; a maioria das noivas tinham menos de dez anos. O mundo desconhece uma das histórias mais nojentas de abuso infantil, torturas e sodomização do mundo vinda do fundo dos esgotos de Gaza: os casamentos pedófilos do Hamas que envolvem até crianças de 4 anos. Tudo com a devida autorização da lei do islamismo radical.
A denúncia é do Phd Paul L. Williams e está publicada no blog thelastcrusade.org e é traduzida com exclusividade no Brasil pelo De Olho Na Mídia (ninguém mais na imprensa nacional pareceu se interessar pelo assunto).

Um evento de gala ocorreu em Gaza. O Hamas foi o patrocinador de um casamento em massa para 450 casais. A maioria dos noivos estava na casa dos 25 aos 30 anos; a maioria das noivas tinham menos de dez anos. Grandes dignatários muçulmanos, incluindo Mahmud Zahar, um líder do Hamas foram pessoalmente cumprimentar os casais que fizeram parte desta cerimônia tão cuidadosamente planejada. "Nós estamos felizes em dizer a América que vocês não podem nos negar alegria e felicidade", Zahar falou aos noivos, todos eles vestidos em ternos pretos idênticos e pertencentes ao vizinho campo de refugiados de Jabalia.

Cada noivo recebeu 500 dólares de presente do Hamas. As garotas na pré-puberdade, que estavam vestidas de branco e adornadas com maquiagem excessiva, receberam bouquets de noiva.
"Nós estamos oferecendo este casamento como um presente para o nosso povo que segue firme diante do cerco e da guerra", discursou o homem forte do Hamas no local, Ibrahim Salaf.
As fotos do casamento relatam o resto desta história sórdida:

Pedofilia do Hamas

O Centro Internacional Para Pesquisas Sobre Mulheres estima agora que existam 51 milhões de noivas infantis vivendo no planeta Terra e quase todas em países muçulmanos.
Quase 30% destas pequenas noivas apanham regularmente e são molestadas por seus maridos no Egito; mais de 26% sofrem abuso similar na Jordânia. Todo ano, três milhões de garotas muçulmanas são submetidas a mutilações genitais, de acordo com a UNICEF. A prática ainda não foi proibida em muitos lugares da América.

A prática da pedofilia teria base e apoio do islã, pelo menos a sua leitura mais extrema e radical. O livro Sahih Bukhari (além do Corão, outra das fontes de grupos como o Hamas) em seu quinto capítulo traz que Aisha, uma das esposas de Maomé teria seis anos quando se casou com ele e as primeiras relações íntimas aos nove. O período de espera não teria sido por conta da pouca idade da menina, mas de uma doença que ela tinha na época. Em compensação, Maomé teria sido generoso com a menina: permitiu que ela levasse todos os seus brinquedos e bonecas para sua tenda.
Mais ainda: talvez o mais conhecido de todos os clérigos muçulmanos deste século, o Aiatóla Komeini, defendeu em discursos horripilantes a prática da pedofilia.

Um homem pode obter prazer sexual de uma criança tão jovem quanto um bebê. Entretanto, ele não pode penetrar; sodomizar a criança não tem problema. Se um homem penetrar e machucar a criança, então ele será responsável pelo seu sustento o resto da vida. A garota entretanto, não fica sendo contada entre suas quatro esposas permanentes. O homem não poderá também se casar com a irmã da garota... É melhor para uma garota casar neste período, quando ela vai começar a menstruar, para que isso ocorra na casa do seu marido e não na casa do seu pai. Todo pai que casar sua filha tão jovem terá assegurado um lugar permanente no céu.

Para finalizar, o vídeo abaixo traz informações sobre espancamentos realizados contra meninos no mundo muçulmano para "estudarem melhor" - que incluem açoitamentos - escravidão de menores e a venda de meninas de 8 anos ou até menos como noivas no Sudão e em outros países da região. Tudo, com carimbo do islã radical.

http://www.youtube.com/watch?v=gdi2bdv4nwA
 

Comentários comentar agora ❯

Postado em 22/09/2009 14:27

Educação. Direito de Todos!

Depois de enfrentarem a greve na educação pública do nosso querido estado que é considerado o paraíso das águas, os estudantes agora devem ficar sem aula mais uma vez. Agora não será por conta de greve, mas, por falta de professores para suprir as carências das salas de aula.

Em entrevista ao programa Lance Livre da Rádio Penedo FM, na manhã desta terça-feira, 22 de setembro, a professora Sônia Rodrigues, diretora da Escola Estadual Pedro Reis de Igreja Nova, falou da dificuldade para manter funcionando a escola que com o afastamento dos professores-monitores, não terá a mínima condição de permanecer funcionando para educar o alunado com a oferta de todas as disciplinas.

A mesma situação segue em cidades como Porto Real do Colégio, Penedo, Piaçabuçu e Coruripe. O Secretário de Estado da Educação, Rogério Teófilo, em conversa com uma diretora de Escola Pública Estadual de Penedo, pediu para ter calma e não se preocupar com tanta antecedência para o problema que ainda está por vir.

Na educação está faltando muita coisa. Isso vai do respeito ao povo alagoano com quase quatro anos sem a realização de Concurso Público para suprir a carência nas salas de aula até o mais simples gesto de comprar material de expediente que atenda a necessidade dos funcionários das Coordenadorias de Ensino.

Na 9ª Coordenadoria de Ensino, sediada em Penedo, os colaboradores ficam de mãos atadas para dar uma informação que é o intróito do verdadeiro caos educacional, (O afastamento imediato dos professores-monitores das salas de aula) mas, fazer o quê, se lá até papel para expedição de documentos está faltando.

Na tarde desta terça-feira, 22, a diretora Jussara Gomes Pereira, da Escola Estadual Correia Titara, realizou uma Assembléia em Piaçabuçu, para que pais e alunos tomem conhecimento da real situação que se encontra a educação em nosso estado. De acordo com Jussara todos os presentes assinaram a ata que terá enviada uma cópia para as autoridades competentes. Ela lembra que no dia 04 de junho, diretores das escolas Pedro Reis (Igreja Nova), Correia Titara (Piaçabuçu), Comendador da Silva Peixoto e Alcides Andrade (Penedo), participaram de uma audiência com o Secretário de Estado da Educação, Rogério Teófilo, mas, o que ficou de lá pra cá, só foram as lembranças das promessas.

Torcemos para que uma solução seja tomada e nossos estudantes não sejam mais uma vez prejudicados. Enquanto isso... o desmantelo segue!


 

Comentários comentar agora ❯

Postado em 20/09/2009 20:34

Heloísa Helena aparece na frente de Dilma Rousseff no RJ

Divulgação
Heloísa Helena aparece na frente de Dilma Rousseff no RJ

Deu no ex-Blog do Cesar Maia

Pesquisa GPP em setembro/2009 com 1.600 entrevistas em todo o Estado do Rio.

Presidente 1: Serra 26,3%, Ciro Gomes 18,4%, Heloísa Helena 14,5%, Dilma Rousseff 10% e Marina Silva 8,4%.

Presidente 2: Serra 28,4%, Ciro Gomes 22,3%, Marina Silva 11,8%, Dilma Rousseff 11,6%.

Atualmente Heloísa Helena é Presidenta Nacional do PSOL, partido criado por ela mesma e alguns insatisfeitos do Partido dos Trabalhadores e ocupa uma cadeira na Câmara Municipal de Maceió.
 

Comentários comentar agora ❯