Martha Martyres

Martha Martyres

Radialista, diretora da rádio Penedo FM, âncora do jornalismo no Programa Lance Livre

Postado em 17/09/2009 14:44

Metrô do Beco da Goiaba tem parada na Estação Pedra da Arara

Segundo os moradores da região compreendida entre as ruas São Francisco e Francisco Freire, no Centro Histórico de Penedo, dentro em breve será iniciada a fase final da maior obra física que a cidade já viu: a instalação das locomotivas do Metrô que ligará o tradicional Beco da Goiaba à não menos tradicional Pedra da Arara.
Surpresa ficou esta blogueira com a notícia, aliás, sugestão de pauta. Afinal, estamos à frente da capital, Maceió, onde a Companhia Brasileira de Trens Urbanos – CBTU, apenas engatinha com a perspectiva de instalação do VLT (Veículo Leve sobre Trilhos). E ainda tem quem diga que não estamos engrenados rumo ao desenvolvimento!
 

Comentários comentar agora ❯

  • ombusdman kkkkkk !!!!!! boa !!!! ficou muito boa !!!! o pior é que o penedense que não mora em Penedo e não tem a mínima noção da incompetêmcia celeste .... fica achando que é verdade !!!!
  • Jaime A maior falta de respeito ao povo que eu já vi.Uma obra simples, transformada em faraônica,pois se arrasta há meses e o resultado desse descaso,são ratos enormes desfilando em plena luz do dia, mais mosquitos, crianças que caem da "ponte"(tábua), ao tentar atravessá-la, entre outros inconvenientes.O mais absurdo é que no dia do "marketing" político, o secretário de obras e vice prefeito, posou para fotos e mais fotos, acompanhado de um verdadeiro exército de operários,lamentavelmente convocados, naquele número, somente para "aquele" dia.Já em dias "normais", dá pra ver uns dois ou três(quando vem), para o povão não chorar...
  • Micheline Acomponho todos os dias estes "trabalhos"! Pelo que posso observar, a nossa cidade contará com um metrô que a cada buraco fará uma parada, longaaaaaaaa parada de no mínimo (03)três meses,então, resumo: Vai percorrer a cidade inteira, em (04)quatro anos.
  • Pedro Pessoal, essa é uma obra(o metrô) com recursos do PAC-Pacote Alexandre de Cre$$imento. Deve está incluida no pacote da copa de 2014.
  • Alailson Gostei do título. Para uma gestão tradicionalista, só podia ser piada. Éramos felizes e não sabiamos. Abçs fraternos, Alailson
  • Paulo Alves O prefeito Alexandre Toledo dizia na campanha que Penedo tinha dinheiro de sobra, que o Márcio só gastava com festa... agora corta o salário dos funcionários pela metade por falta de dinheiro, antes não gastasse milhares com festas e confraternizações.
  • Roberto "Trabalhando muito mais" com "liberdade e respeito", com certeza uma das piores administrações que já houve em Penedo.
Postado em 14/09/2009 07:51

A morte é como a vida...

Tenho sentido sua presença desde o meu nascimento, afinal, foi ela quem me fez receber o nome de batismo e paradoxalmente me tem ensinado as lições mais surpreendentes nesta vida.
Cruzo com ela todos os dias, falo seu nome a cada momento, pois ela faz parte de quase todas as notícias veiculadas no cotidiano de minha profissão.
Quando acordo, ela está presente nas lembranças. Quando durmo, levo-a comigo na saudade que não sou capaz de sufocar.
Ás vezes, como agora, sinto-a presente, observando-me, projetando-se sobre mim, inquieta, ainda sem permissão para decidir quando nos encontraremos no ato final dessa história.
E ela está sempre ali, cruzando comigo no vai e vem das certezas e incertezas insondáveis da vida.
Olho em volta e ela está ali. Fecho os olhos e a vejo no meu passado e no meu presente. Ela está sempre ali, à espreita, como se pudesse, ao mesmo tempo em que me ameaça, proteger-me.
E sem pedir licença me faz companhia na sala, percorre todos os cômodos da casa e da minha alma, e ri, e chora comigo, sem pudor.
Esta manhã estive com ela. Mais uma vez nos enfrentamos. Irritada, solidária com a dor que testemunhava e o desperdício de sonhos espalhados no asfalto molhado, recriminei-a, cobrei razões e ela não me respondeu. Indiferente, apenas deu de ombros e, sem pressa, desapareceu na primeira curva do caminho.
Esta tarde esteve comigo, lembrou-me dessa certeza de que nunca, nunca mais verei aqueles a quem amo.
À noite, sentou-se ao meu lado e me observou profundamente, fitou-me demoradamente e acenou em despedida, como se ao ir embora, silenciosamente me condenasse a viver.
Observo sua arrogância e sinto que me espreita e desafia. Balança as estruturas da fortaleza que construí em torno de minhas fraquezas e desestrutura sentimentos e convicções.
Ao rondar e insistir na definição dos meus caminhos deixa-me a sensação de inutilidade. Afinal, quem sou e para onde vou? De que adianta ser se de repente, simplesmente de repente, ela decide em que ponto do caminho vou parar, sem avaliações, sem avisos, sem observar nenhum critério, prazo, expectativa, esperança, sonho ou possibilidade?
Desse duelo diário entre mim e ela, sobram dores, saudades, sentimentos contraditórios, sensações que se avolumam e buscam ocupar espaços hoje vazios por amores não consolidados, projetos interrompidos e sonhos e esperanças que se perderam na penumbra de sua presença.
A morte é como a vida: doce e cruel, sem medida.
 

Comentários comentar agora ❯

  • EDNALDO MAIORANO DE LIMA APESAR DE "FISICAMENTE LONGE, ME SINTO, QUASE QUE ETERNAMENTE LIGADO Á ESSA CIDADE QUE TÃO BEM ME ACOLHEU, POR 4 ANOS. ENTRE MINHAS "ANDANÇAS" , PELA BUSCA DE UM POUCO MAIS DE CONHECIMENTO, SEMPRE ESTOU A DEPARAR-ME COM SUAS PALAVRAS. NÃO CONHECI O "IALDO" , MAS SEI, QUE, PELAS SINGELAS E PROFUNDAS PALAVRAS, EMBORA EIVADAS DE DOR, ERA UM HOMEM GRANDIOSO E AMADO. É, MINHA CARA MARTA, QUEM SABE, TOMARA EU, QUE NESSE BREVE "SUSPIRAR" DE MINHAS PALAVRAS POSSA ENTÃO DIZER QUE, O QUE CHAMAMOS DE MORTE, TALVEZ NÃO PASSE DE UM LEVE SUSSURRAR DO VENTO E UM MURMÚRIO SILENCIOSO DAS CACHOEIRAS . UNS ATÉ, PODEM DIZER, LUMINÁRIAS CELESTES, OUTROS, A PRÓPRIA ETERNIDADE ...
Postado em 11/09/2009 15:13

Me arrende!

Nos últimos dias, só reclamações por parte dos prefeitos alagoanos. Segundo eles, não tem dinheiro para nada e a ordem é cortar gastos.
Tem prefeito que determinou  cortes de  20, 30, 50, até 70% das despesas das secretarias municipais, o que significa, trocando em miúdos: pare tudo e passe a chave, ou o último a sair apague a luz.
O que não se ouviu  até agora foi ordem para demitir os apadrinhados que estão pendurados nas prefeituras e que até são motivo de piada nas secretarias, uma vez que tem mais comissionado no dia a dia desses órgãos do que contribuintes procurando um serviço público.
Os cargos comissionados existem, são uma realidade e são necessários dentro do sistema político-partidário-administrativo. Uma realidade, aliás, impossível de mudar. É a lei do velho dito popular: uma mão lava a outra e as duas juntas lavam a cara.
Muitas pessoas, assim admitidas para prestar serviço nas administrações, são dedicadas, eficientes e realizam grandes projetos em prol da comunidade. O problema, no entanto, é a nomeação de gente incompetente, desqualificada e que não tem nenhuma utilidade dentro da estrutura dos municípios. Nomeações feitas com um único objetivo: pagar, eu disse pagar, com dinheiro público, serviços prestados nas campanhas eleitorais e até mesmo na cozinha dos eleitos.
Vergonhosa também é a criação de estruturas na capital do estado para abrigar gente que, além de não ter nenhuma utilidade para a cidade, não tem nenhum compromisso ou ligação, chegando mesmo a dizer que odeiam as cidades e os contribuintes que lhes pagam o salário.
Isso, sem falar na exorbitante quantidade e no preço dos carros locados, nas festas promovidas com dinheiro público, dos anéis de brilhante comprados e pagos com o dinheiro dos pagadores de impostos, os potes de creme da Lâcome e a descarada utilização do erário para promoção pessoal e estruturação da próxima campanha (há sempre uma próxima campanha!).

Todos reclamam, mas ninguém quer largar as “falidas prefeituras”.
Outro dia ouvi um contumaz comissionado de prefeituras dizer: “Quem achar que prefeitura é ruim, me arrende. Eu pago três vezes o valor do salário do prefeito e tomo conta.”
Esse parece que sabe o que diz!
 

Comentários comentar agora ❯

  • José de Arimatéia Eu pago 4 vezes o salário! Quem dá mais?
  • Raimundo Gomes Martha, parabéns pelo artigo! Se o serviço público fosse administrado com seriedade, não faltariam recursos para os serviços essenciais (saúde, educação, saneamento básico, segurança e moradia). Infelizmente, são raros ou inexistentes os gestores públicos que levam a sério a administração de um município ou mesmo de um estado. Infelizmente, esta é uma realidade que vivemos não só em Alagoas mas em todo o Brasil.
Postado em 09/09/2009 18:24

A culpa é da Imprensa!

É sempre assim, quando a porca torce o rabo, a culpa é da imprensa!
A imprensa, tão incômoda para alguns e criticada por outros, defende apenas a criação de um novo vínculo entre governantes e governados.

A imprensa quer que os governantes ouçam a população porque ela sabe melhor do que eles as soluções para os problemas que enfrentam no cotidiano.

A imprensa deseja que as Câmaras de Vereadores, as Assembléias Legislativas e o Congresso Nacional sejam revitalizadas através do debate das idéias, da apresentação de projetos importantes para o desenvolvimento e o crescimento dos municípios, do estado e do país, do exercício da prerrogativa cidadã de cada vereador, deputado ou senador e que esses auditórios sejam livres para que seus representantes expressem a opinião pública como fazem os nossos microfones.

A imprensa defende a negociação dos problemas e das soluções e não a negociata dos interesses. A imprensa defende um Poder Executivo competente, eficiente, dotado de mecanismos dinâmicos para o ágil desempenho de sua missão que é o bem estar e a qualidade de vida da população e não a vergonhosa utilização da máquina administrativa e a formação de “caixinhas” para serem utilizadas na próxima eleição com o uso escandaloso e criminoso do dinheiro público.

A imprensa defende um Poder Judiciário soberano e independente, onde seus membros não precisem receber geladeiras, pinturas ou telhados novos de governantes, uma justiça que não seja privilégio de ricos, mas acessível aos pobres.

A imprensa não sobrevive dos problemas sociais e da desgraça alheia como dizem alguns. A imprensa investiga e mostra as causas da pobreza e aí, inevitavelmente, depara-se com suas conseqüências. E todos sabem que uma das causas dessa pobreza que marginaliza a sociedade é a atitude criminosa dos trombadões do poder acobertados pelo esquecimento e pela impunidade.

 

Comentários comentar agora ❯

  • marcia maria silva parabéms penedo FM por nos deixa emformada no aqui acontece vocês é 100% valeu
Postado em 08/09/2009 07:32

Adeus ao combatente dos 'cuspidores de microfone'

Benedito Umbelino, o nosso “Biu”, companheiro do curso de Rádio e Televisão nos últimos dezoito meses, partiu para mais uma missão.
Foi embora sem receber o tão sonhado “canudo”. Sem participar de uma planejada festa que nesse momento nos faz refletir sobre o seu real sentido.
Mais uma vez ela nos venceu. Chegou antes da concretização dos nossos sonhos, levando consigo expectativas e esperanças.
Do alto de seus anos denunciados pelos cabelos brancos e experiências relatadas, convivemos com sua alegria, sua paixão pelo rádio, sua indignação pelos equívocos da profissão e sua intolerância para com os “cuspidores de microfone” como dizia.
Benedito Umbelino foi um colega especial, um amigo solidário, um aluno dedicado e ávido de saber.
Nós, os que permanecem nessa dimensão, ainda sem saber o que nos espera ao dobrar as esquinas da vida, ficamos com o dever de casa: honrar os sonhos se perguntando a cada noite se durante o dia ajudamos a humanidade a buscar a verdade e melhorar as pessoas, ao invés de sermos meros “cuspidores de microfone”.
 

Comentários comentar agora ❯

  • Rejane Barros É com imensa saudade que lebramos dos melhores momentos ao lado desse grande homem em palavras e atos. Benedito Umbelino Prof: Bil nós te amamos!!!
Postado em 04/09/2009 17:53

Reflexões para um final de semana prolongado...

...sobre Democracia, sobre Mensalão, sobre Taturanas, sobre Ideologia, sobre Crimes de Mando, sobre Ética, sobre Liberdade e Respeito, sobre Participação Popular, sobre Justiça, sobre Mandatos Eletivos, sobre a Mentira, sobre a Verdade, sobre Vocação e, finalmente, sobre Aconselhamento.
• Feliz é o país onde o homem honesto pode falar tão alto quanto o canalha. (Palmerston)
• Os deputados acusados de vender votos tinham que ser absolvidos. Se fossem condenados, teriam que investigar quem os comprou. (Danusa Ribeiro)
• A política é a administração da coisa pública em benefícios privados. (Ambrose Bierce)
• Democracia é quando eu mando em você. Ditadura é quando você manda em mim. (Millôr Fernandes)
• Não existe assassinato em política. Suprime-se um obstáculo, nada mais. Pois na política não há homens, mas apenas objetivos; não há sentimentos, mas apenas interesses. (Alexandre Dumas)
• Nada pode ser politicamente certo se for moralmente errado. (Daniel O’ Connel)
• Só os tolos se regojizam quando os governos mudam. (Provérbio Romeno)
• As eleições têm a finalidade de dar ao povo a ilusão de que participa do Governo. (Gerald F. Liberman)
• Errar é humano. Culpar outra pessoa é política. (Hubert H. Humpherey)
• Se os homens soubessem até que ponto seus governantes são egoístas e insensíveis, nenhum governo duraria um ano. (Theodore Parker)
• Mentir às pessoas para obter dinheiro é fraude. Mentir às pessoas para obter votos, é política. (MCCandiess)
• A prosperidade de alguns homens públicos do Brasil é uma prova evidente de que eles vêm lutando pelo progresso do nosso subdesenvolvimento. (Stanislaw Ponte Preta)
• Ele não sabe coisa alguma e pensa que sabe tudo. Isso indica claramente uma carreira política. (Shakespeare)
• Não roube. O governo detesta concorrência.
 

Comentários comentar agora ❯

  • carlinhos Imagine o que seria de nós brasileiros se perdessemos as esperanças naquilo de que seria pelo menos o trivial para a sociedade. imagine! menas hipocrisia, pouca falta de carater, bem menas desonestidade, políticos..., e políticos com a ideologia social toda volta para o engrandecimento da sociedade... por isso sou brasileiro e não dessto nunca. MAS, QUEM HERDA NÃO ROUBA. viva a independência.
Postado em 03/09/2009 08:28

Olho Vivo no Dinheiro Público!

Calma, isso é só um programa de governo!
O programa nasceu na CGU, a Controladoria Geral da União, e tem como objetivo capacitar os gestores públicos (secretários, dirigentes de empresas e órgãos da administração direta e indireta, etc...) em relação aos conceitos e normas pertinentes à administração do dinheiro público.
A atividade, que durante esta semana será realizada em Penedo, também visa atender à sociedade civil organizada, de forma que entidades como conselhos em geral (da merenda, da saúde, da criança, etc...) podem e devem participar.
O problema é alguém confundir o apelo do título do programa. Notas fiscais frias e a “ingênua” destinação de recursos para apadrinhados “carentes” já foram “abundantemente” usados por aí. E esse tido de ação teve mesmo um olho muito vivo no dinheiro do cidadão penedense!
Há quem diga que muitos desses “erros” são cometidos por ...desconhecimento das normas e falta de informações técnicas”.
Enquanto continuarem encontrando palavras amenas para conceituar a vivacidade e esperteza de certos “politiquinhos” no cometimento desses crimes, a sociedade vai continuar órfã e o cidadão decente vai continuar sem saúde, sem educação, sem emprego, sem moradia, sem transporte, e sem esperança.
 

Comentários comentar agora ❯

  • Virginia Marta Sou de Igreja Nova e estou indiguinada com a qualidade dos serviços prestados pela Secretaria de Saude daqui , peço a você que é a voz do povo sofrido que relate estes fatos no seu programa , sao eles : - Á Secretaria de Saude de Igreja Nova é um fantasma ninguem ver , ela só vem dois dias na semana e se tranca na sala e nao atende ninguem , ninguem gosta dela , os medicos , os servidores , os dentistas , os agentes de saude , ela só está aqui pelo dinheiro , nao administra nada , e falam que ela trabalha em tres municipios fora aqui . - Por conta desta Secretaria inrresponsavel falta tudo na saude , os postos nao tem remedios , gases , nada , e pior na sede da secretaria está abarrotada de remedios e materiais descartaveis e ninguem controla nada , ninguem sabe o que entra o que sai , ninguem vai nos postos , tudo um caos , e tudo isto marta sabe o porque ? porque ninguem gosta dela e boicotam ela . - Tem uma sobrinha do prefeito com nome de betania que trata todo mundo mau , boicota tudo lá , odeia a secretaria , e nao faz nada , dizem até que ela falsifica assinatura de medico para roubar remedio , e deixa tudo uma bagunça na esperança do tio coloca-la como secretaria , seria o fim da saude de igreja nova, esta mulher é uma rata . - Posto de saude do povoado palmeira dos negros só vive fechado , sem remedio , sem atendimento , o posto da perucaba vive faltando tudo , povoado de ipiranga e lagoa grande está um caos , nem gases tem . - os dentista e os medicos eles mesmo falam que nao gosta da secretaria e por nao ter nenhuma fiscalizaçao eles faltam e voam deixando os povoados desasitidos , Igreja nova perdeu dra Ernestina que voltou para penedo pergunte a ela Marta quem é a Secretaria de saude de igreja nova ? Dra Ernestina disse que enquanto Neiwton silva manter esta secretaria lá ela nunca mais trabalha na terra que ela nasceu. - Denuncias dizem que esta secretaria compra todo mes 5 mil rais de remedios a um irmao dela em maceio , todo mundo comenta , ela tem um irmao medico ganhando 6 mil reais sem dá um dia de trabalho no municipio . - O chefe da casa maternal elisio só vive reclamando desta secretaria dizendo que falta tudo lá e ela nao resolve nada . - Estranhamente ela só quer comprar em uma loja em maceio chamada casa do medico , segundo ela tem um parente lá . - Estao dizendo que tudo na saude é um caos , eu vi pessoas levando contratos só agora para pessoas assinarem de pessoas que estao a mais de dois anos ganhando sobre contratos e até hoje nao tinha uma copia se quer de nada destes contratados . - Tem a michele que come propina de vereadores e pessoas para marcar consultas em maceio , tem uma tal de DINHA que faz tudo errado e bota o povo pobre pra rodar , além das duas tratar super mau os pobres , elas só perdem para sobrinha betania que odeia pobre . Marta desculpe o meu desabafo mais é porque voce é a unica pessoa que dá voz ao povo pobre de igreja nova e se quiser comprovar tudo isto converse com a Dra ernestina que ela vai te falar ou convoque o vereador Cidario de Igreja Nova que é servidor publico da saude como Agente de Saude , ele vai te dizer como tá um caos a saude de igreja nova , e pior dizem que a secretaria de saude está fazendo isto de proposito para trazer um monte de amigos e parentes dela para trabalhar lá e nós nao aguentamos mais esta mulher trazer um monte de gente de fora com salarios altos que ficam apenas um ou dois dias e vao embora para maceio , porfavor Marta denuncie e convoque para pedir explicaçoes destes agentes publicos , nós nao aguentamos mais . COM A PALAVRA O PREFEITO DE IGREJA NOVA ENRROLANDO SILVA , PORQUE ESTE PREFEITO MANTEM ESTA MULHER ? É UM MISTERIO , SERÁ QUE TEM ALGUMA CAIXA PRETA LÁ ? NAO SEI . Obrigado Marta te adoro e sou sua fá . há o dr jailton é grosso mesmo , eu te ouvi naquele dia da denuncia da casa maternal do atendimento deste medico , ele é um cavalo .
Postado em 26/08/2009 15:30

A visita do Imperador

No dia 14 de outubro deste ano a cidade do Penedo registra os exatos 150 anos da visita do Imperador Pedro II. Se haverá comemorações referentes ao Sesquicentenário não se sabe, mas esta humilde blogueira já deu a dica em uma conversa informal que foi levada (há sempre alguém para levar) e lembrada a quem de direito.
Sua Magestade Imperial D. Pedro II, Imperador do Brasil, chegou a Penedo, através do Rio São Francisco, depois de visitar a Bahia, em uma viagem que tinha como destino final a Cachoeira de Paulo Afonso e que foi paga por ele próprio. Nessa época, dizem alguns historiadores, os mandatários pagavam suas próprias despesas!
Uma grande festa foi organizada para recepcionar o Imperador e o prédio da Família Lemos, hoje Museu Imperial e Memorial Raimundo Marinho, foi transformado em Palácio Imperial e ali realizado um grande baile.
D. Pedro II , antes de seguir viagem, assistiu missa na Igreja de Nossa Senhora da Corrente e segundo seu diário, encantou-se com a cultura e a singularidade do povo sanfranciscano.
Que seja feita uma comemoração à altura de Penedo espelhada na, digamos, “nobreza franciscana” do Imperador.
Imagine se alguém resolve inspirar-se nas peripécias do Reino de A Vilã!
 

Comentários comentar agora ❯

Postado em 25/08/2009 10:25

Mulheres vão apresentar propostas para melhorar a segurança pública

A ministra Nilcéa Freire, da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, vai apresentar hoje, (26),  os resultados do estudo Mulheres: Diálogos sobre Segurança Pública, elaborado com o apoio da Organização das Nações Unidas (ONU), do Ministério da Justiça e da coordenação da 1ª Conferência Nacional de Segurança Pública.

Realizada em sete cidades - Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Recife, Salvador, Belém e Canoas (RS) -, o estudo reuniu 213 mulheres de diferentes ocupações e orientações sexual e religiosa para discutir a violência. O objetivo do trabalho, inédito no Brasil, foi identificar a visão das mulheres e suas propostas para melhorar a segurança pública. Os resultados serão levados 1ª Conferência Nacional de Segurança Pública, que será realizada em Brasília a partir de amanhã (27).

Quem sabe agora  os onipotentes pensadores da segurança caótica do  país dão o braço a torcer e ouvem, assimilam e aplicam sugestões dadas por quem mais vive e sofre os reflexos da política equivocada de segurança pública: as mães de família, as mulheres do Brasil.

Comentários comentar agora ❯

Postado em 24/08/2009 16:38

Vamos voltar ao tempo das Volantes?

O estado de Alagoas passa por uma crise sem precedentes. E não é apenas a crise econômico-financeira da redução do FPE, greve de servidores, carências na saúde e na educação ou casos de gripe suína que nos levam a essa observação. É uma crise maior. É a crise da violência que se transformou em instituição forte, organizada e bem administrada.
Os jornais do estado respingam sangue. Políticos, autoridades e agentes públicos que deveriam proteger a população são apontados como mandantes e executores de crimes hediondos, envolvidos com roubo de dinheiro público, tráfico de drogas e outras mazelas sociais.
Institucionalizou-se o crime em Alagoas.
Em nossa outrora pacata Penedo, que lá fora muitos (ou pelo menos os que só lembram de Penedo quando querem dar “pitaco” sobre como isso ou aquilo deveria ter sido feito) ainda julgam um reduto de paz e tranqüilidade, explode uma violência que, ao contrário do que dizem as autoridades, e está provados nos registros diários da imprensa, a Lei Seca não conseguiu reduzir.
As fugas e tentativas de fuga da Delegacia local, transformaram-se em piada no anedotário popular, a ponto de ter-se instalado uma espécie de “fugômetro”: na primeira turma fugiram 12, na segunda turma 17, na terceira turma 30 e na quarta turma 15. Nos últimos meses, 74. Se as recentes três tentativas não tivessem sido abortadas....
E se você, leitor, quiser saber o que faz a polícia, eu respondo: a polícia reza.
A polícia reza para que não aconteçam assaltos, assassinatos, estupros, roubos, fugas. E sabe por quê? Porque a polícia não tem condições de trabalhar. As viaturas mais parecem lixo destinado ao ferro-velho. Quando quebram (melhor seria colocar no singular mesmo; só tem uma!) o comandante da corporação precisa pedir a alguma oficina da cidade para consertar, a título de serviço prestado à sociedade, sob penas de, se for para as oficinas oficiais na capital, não retornar e a cidade ficar ainda mais desguarnecida.
A Delegacia Regional, que atualmente abriga 45 presos, tem celas interditadas, baratas, ratos, mofo, fezes, condições que mais se assemelham aos famigerados campos de concentração encontrados no pós guerra. Os policiais civis, que deveriam estar trabalhando na investigação que tira bandido da rua, no atendimento ao cidadão prestante e na confecção de inquéritos que são o primeiro passo para a aplicação da tão sonhada justiça, restringem suas atividades à condição de carcereiros.
Enfim, as soluções para conter a violência que é uma realidade nos nossos dias têm tido apenas respostas individualizadas. Quem pode,  contrata segurança eletrônica, põe cerca elétrica, portão, câmeras, células fotoelétricas e toda essa parafernália que a tecnologia oferece nos dias atuais. Quem não pode, reza também!
Ainda assim, o cidadão não vive apenas dentro de sua casa transformada em fortaleza. Ele trabalha, viaja, circula pelas ruas que oferecem todo tipo de perigo e está sujeito a ser mais uma vítima nessa guerra que estamos perdendo para a criminalidade e que tem profundas raízes sociais e políticas.
Neste 25 de agosto comemora-se o Dia do Soldado. Tem desfile e homenagens. Quem esteve na volante que combateu Lampião talvez tivesse melhores condições de trabalho.
 

Comentários comentar agora ❯

  • José Felix A mais pura verdade foi dita!! Tranque-se em casa quem tiver juízo que as coisas ainda vão piorar.