Martha Martyres

Radialista, diretora da rádio Penedo FM, âncora do jornalismo no Programa Lance Livre


 
  • Desejos de Natal. Boas Festas!

     

    “Quero ver o espírito do Natal entre pais que descobrem tempo para os filhos, em amigos que se reencontram e podem parar para conversar, no respeito do celular desligado no teatro, na gentileza de quem oferece o banco para o mais idoso ou a mulher grávida que está preparando uma vida, na paciência com os doentes, na mão que apóia o deficiente visual na travessia das ruas, no ombro amigo que se oferece para quem anda meio triste, perdido.


    Quero ver o espírito de Natal invadindo as ruas, fazendo feliz uma criança, respeitando os animais, a natureza que implora por cuidados tão simples, como não jogar o papel no chão, nem o lixo nos rios. Não quero ver o Natal apenas nas vitrines enfeitadas, no convite ao consumo, mas no enfeite que a bondade faz no rosto das pessoas generosas.


    Por fim, saber que o espírito do Natal entrou definitivamente nas nossas vida, através do abraço fraterno, da oração sentida, do prazer de andar sem drogas, do riso franco, do desejo sincero de ser feliz e, de tão feliz, não resistir ao desejo de fazer outras pessoas também felizes.


    Deixe o Natal invadir a sua alma, entre os perfumes da cozinha que vai se encher de comidas deliciosas, no cheiro da roupa nova que todos vão exibir, abrace-se à sua família e façam alguns minutos de silêncio, que será como uma oração do coração, que vai subir aos céus, e retornar com um presente eterno, duradouro: o suave perfume de Jesus, perfume de paz, amor, harmonia e a eterna esperança de que um dia todos os dias serão como os dias de Natal. Feliz Natal !"
     

    postado em 24/12/2011 10:16

    Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do aquiacontece.com.br ou de seus colaboradores. Dê sua opinião com responsabilidade! Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

    comentários

     
  • Curtas, Médias e Moduladas

     

    Portal da Transparência

    E o Portal da Transparência continua causando o maior furor, principalmente para quem mantém negócios escusos com certos representantes do Poder Público.

    Realmente, para quem tem algo a esconder, a “transparência” pode ser fatal, o que não é o caso da Penedo FM e do site aquiacontece.com.br.

    De fato, ainda falta muito para que o verdadeiro patrão, o povo, tenha conhecimento do que significa para ele mesmo a publicidade oficial, prestação de serviço que deve ser feita de forma séria e competente, até porque é sempre visível e audível, e do significado subjetivo do objeto de determinados empenhos registrados na contabilidade pública por trás dos quais estão escondidos interesses inconfessáveis.

    Arrastapé de Penedo/2010

    Segundo registros do Ministério do Turismo, a Prefeitura de Penedo, gastou R$ 330.000,00 (trezentos e trinta mil reais), na contratação de bandas para a festa junina denominada ARRASTAPÉ DE PENEDO, realizada em junho de 2010, mais precisamente no dia e véspera de Santo Antonio.

    Para ser mais precisa, R$ 313.472,00 (trezentos e treze mil, quatrocentos e setenta e dois reais), descontado o imposto municipal no valor de R$ 16.503,00 (dezesseis mil, quinhentos e três reais), conforme Documento de Arrecadação Municipal.

    A PH Entreterimentos recebeu o valor referente a serviços prestados com atrações artísticas para o Arrastapé de Penedo e pagou, segundo a Nota Fiscal nº 009090, de 02/12/2010, CNPJ nº 10.911.734/0001-86, Empenho PMP nº 06/04-019 de 04/06/2010, os seguintes valores:

    Banda Namoro Novo - R$ 80.000,00 (oitenta mil reais)
    Banda Celebridades do Forró – 80.000,00 (oitenta mil reais)
    Banda Cheia de Charme – R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais)
    Banda Badalada – R$ 40.000,00 (quarenta mil reais)
    Banda Patchanca – R$ 80.000,00 (oitenta mil reais)

    Pelo preço pago pelas atrações, o povo de Penedo deve ter mesmo gasto todos os chinelos do mercado neste Arrasta Pé. Aliás, com tantas carências na saúde, na educação, etc..., não é compreensível que essa e outras administrações façam gastos dessa natureza, a esse preço, e não satisfaçam sequer o direito de lazer do povo.

    Bom Jesus dos Navegantes

    A festa do Bom Jesus dos Navegantes acontecerá no dia 8 de janeiro, segundo domingo do novo ano e o aquiacontece.com.br já divulgou a programação religiosa, organizada pela diocese, e a programação festiva, executada pela Prefeitura Municipal através da Secretaria de Cultura, ambas também divulgadas pela Rádio Penedo FM.

    A festa do Bom Jesus, realizada em Penedo desde 1884, é um evento que nos reporta a boas e inesquecíveis lembranças e ficamos na expectativa de ver a procissão fluvial com a participação dos navegantes do Velho Chico em suas canoas e lanchas, o colorido das bandeirolas, o som das bandas de Pífano, as apresentações folclóricas, as brincadeiras de rua...

    Desejamos que Papai Noel traga muitos presentes no Natal que se aproxima e que o barquinho do Bom Jesus dos Navegantes, em 2012 navegue em águas menos turbulentas nessa Penedo histórica.

     

    postado em 13/12/2011 18:18

    Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do aquiacontece.com.br ou de seus colaboradores. Dê sua opinião com responsabilidade! Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

    comentários

     
  • Curtas, Médias e Moduladas

     

    Convite

    Recebi e registro o convite para a inauguração da Farmex e a reforma e ampliação do Posto de Saúde Vitória, uma antiga reivindicação do povo daquela área, matéria que levamos ao conhecimento da população através do programa Lance Livre desta quarta-feira, 7. Mas, o que chamou a atenção e foi bastante comentado na chamada “boca-miúda”, foi lay-out do convite com a logomarca da administração onde se visualiza um bonequinho masculino (o maior), um bonequinho feminino (o menor), formando um coração, e, no centro, uma máscara de Bobo da Corte, bem como a ornamentação da inauguração, com máscaras. Uma escolha bastante singular para a época natalina.


    Portal da Transparência

    O Portal da Transparência é um instrumento indispensável para o pleno exercício da cidadania porque permite ao contribuinte acompanhar a aplicação do dinheiro público e avaliar a administração. Perguntas como quanto o município recebeu, quanto gastou, como foi gasto, quem recebeu, onde foi gasto e porque foi gasto podem ser respondidas quando o cidadão faz uma avaliação dos registros da contabilidade pública. Um exemplo é referente à despesa com propaganda institucional nos sites de Penedo neste ano de 2011.

    1. Aquiacontece.com.br R$ 1.000,00
    2. Boainformação.com.br 0,00
    3. Conexaopenedo.com.br 0,00
    4. Correiodopovo-al.com.br 35.150,00
    5. Oparanews.com.br 17.950,00

    Defensoria Cidadã

    Tem repercutido de forma bastante positiva na população o serviço prestado pela Defensora Pública Andréa Tonin em suas participações no programa Lance Livre, às segundas-feiras. É a Defensoria Pública mais perto do cidadão. A informação levada a toda a região do Baixo São Francisco de maneira clara, objetiva e sobre assuntos do cotidiano das pessoas é de fundamental importância para a formação de cidadãos prestantes, conscientes de seus direitos e deveres, além fazer com que o povo entenda de forma direta o papel das instituições.  Penedo passou muito tempo sem que o povo tivesse acesso ao trabalho imprescindível da Defensoria Pública. Eram apenas trinta e dois defensores para atuar em todo o estado. O último concurso corrigiu parte dessa falha, mas ainda falta muito.

    postado em 07/12/2011 18:02

    Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do aquiacontece.com.br ou de seus colaboradores. Dê sua opinião com responsabilidade! Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

    comentários

     
  • A "insuportável" corrupção e a demora na punição

     

    Essa semana, durante entrevista coletiva à imprensa, o Procurador Geral de Justiça do Estado, Eduardo Tavares, disse que a corrupção em Alagoas é “insuportável”.

    Obviamente a declaração repercutiu em todos os setores da sociedade porque, acredito, sinaliza a inarredável determinação de uma das instituições mais respeitadas pelo povo, o Ministério Público, de combater de forma veemente esse mal.

    E há muito o povo espera por esse tipo de posicionamento. Há muito o povo espera que as autoridades deem um basta nessa situação vexatória que constrange as Polícias, o Ministério Público e o Poder Judiciário. Uma situação que inferniza a vida das pessoas, dos cidadãos, dos trabalhadores que ganham o pão de cada dia “com o suor de seu rosto”, como manda a Bíblia Sagrada sobre a qual os juramentos de posse dos homens públicos geralmente são feitos.

    No caso da nossa tradicional e histórica Penedo  o  Ministério Público já constatou  o uso de notas frias e muitos outros indícios de fraude e irregularidades  com dinheiro público em administrações municipais passadas e, inexplicavelmente, até agora, ninguém foi punido.

    As denúncias de irregularidades em prefeitura, câmara de vereadores, organizações não governamentais, fundações e outros tantos operadores do dinheiro público são constantes  e ecoam em todo o estado,  principalmente através da imprensa. È graças aos meios de comunicação, especialmente o rádio, cujo caráter democrático é inquestionável por estar em todos os lugares e servir a todas as pessoas independentemente de sua condição social, intelectual ou mesmo geográfica, que  homens e mulheres , estudantes,  crianças, idosos, trabalhadores, etc... conhecem  seus direitos, escolhem o que vão consumir, analisam seus governantes,  elogia, critica, analisa e julga.

    É através dos meios de comunicação que os governantes são submetidos ao exame crítico de sua própria conduta, embora muitos desprezem a imprensa, liberdade de expressão e os direitos de cidadania do povo.

    E é por tudo isso que reflito sobre a declaração do Procurador Geral do Estado. Se a corrupção é abundante, como outro dia definiu um promotor, e chegou a um limite “insuportável”, como diz o Procurador, que policiais, promotores, juízes e procuradores investiguem, incansavelmente,  as denúncias desses atos ilícitos das muitas chamadas “autoridades públicas”, assassinas de crianças e violadoras de cidadania.
     

    postado em 24/11/2011 17:57

    Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do aquiacontece.com.br ou de seus colaboradores. Dê sua opinião com responsabilidade! Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

    comentários

     
  • A arte de administrar vaidades. Nem todo mundo é tão são.

     

    Um dos maiores desafios que enfrentei em minha vida profissional em comunicação e de diretora de uma empresa, ao contrário do que dizem os especialistas, não foi administrar pessoas.

    Gente normal, trabalhadores comuns, profissionais competentes porque eternos aprendizes transformam a tarefa de dirigir uma empresa comparável à confecção de uma boa receita.

    Primeiro você se prepara espiritualmente (determinação), até porque administrar ou cozinhar, querer fazer algo com a certeza de que aquilo é o certo e o necessário (consciência de predestinação), faz com que você descubra em si mesmo a gratificante sensação de que está no tempo e no lugar onde deveria estar (vocação). Depois, você separa os ingredientes de acordo com as etapas da confecção da receita (aptidão) e os coloca cada um no seu lugar exaltando a importância de seu valor e capacidade para o fim comum (dedicação). Ao fim desse preparo, o cuidado de acompanhar o modo de fazer, permite que você possa, finalmente, gozar do prazer de sentir o cheiro, o sabor, a consistência, a imagem, a reação de quem usufrui, enfim, o resultado que se traduz em encantamento (paixão).

    O difícil na arte de liderar é administrar os sentimentos negativos que permeiam o caráter do ser humano: inveja, ingratidão, arrogância, ambição desmedida, incapacidade de auto-avaliação e crítica e tantos outros que transformam os seres humanos em máquinas destrutivas. Todavia, o sentimento mais inútil e nocivo com o qual já convivi, é a vaidade.

    Alguém já disse que nem todo mundo é são, nem todo ser humano é bom e nem tudo o que se vê é da forma que se viu. É por isso que precisamos ter muito cuidado na hora de tomar decisões, mas “quando você elimina o impossível, o que resta, por mais improvável que pareça, tem que ser a verdade.”

    É claro que a maturidade nos traz em entendimento maior acerca de todos esses sentimentos, mas ainda insisto que o pior deles é essa vaidade doentia de quem se sente superior aos outros em qualquer aspecto da vida.

    O conceito de vaidade, ou seja, qualidade do que é vão, vazio, firmado sobre aparência ilusória, já é resposta para muitas indagações sobre o tema.

    A incapacidade de enxergar as próprias limitações e os  defeitos e a generosidade exacerbada consigo mesmo são extremamente prejudiciais às relações humanas.

    Chego à conclusão, portanto, que como seres humanos imperfeitos que somos, devemos ter a capacidade de enxergar que não somos tão belos como achamos, nem tão inteligentes como supomos, nem tão honestos como pregamos, nem tão queridos como desejamos, não tão valiosos como aparentamos e muito menos ainda que o mundo gira em volta de nós, sob pena de darmos um nó nos especialistas sobre administrar e gerenciar pessoas.

    Os chamados “de fina estampa”, assim como na novela, que acham que todos ao seu redor são analfabetos, sub-espécies, bobos da corte ou coisa que o valha, acabam sempre revelando suas transgressões e insignificância.

    postado em 01/11/2011 16:35

    Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do aquiacontece.com.br ou de seus colaboradores. Dê sua opinião com responsabilidade! Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

    comentários

     
  • No Tribunal também tem! Ah!, se fosse apenas no rádio!

     

    Hoje eu estava às voltas com laudo de ensaio de transmissor, renovação de outorga, alterações técnicas, enfim, a parte mais difícil e burocrática da comunicação e que tem o poder de estressar qualquer um, quando abri a mensagem do meu amigo Radjalma Lopes e dei boas risadas com essas “pérolas” do livro “Desordem no Tribunal” e que reproduzo aqui para compartilhar com nossos leitores internautas o saudável exercício do riso, já que nos últimos tempos, analisar fatos nessa cidade é pedir para chorar.

    “Advogado : Qual é a data do seu aniversário?
    Testemunha: 15 de julho.
    Advogado : Que ano?
    Testemunha: Todo ano.
    _____________________________________________
    Advogado : Essa doença, a miastenia gravis, afeta sua memória?
    Testemunha: Sim.
    Advogado : E de que modo ela afeta sua memória?
    Testemunha: Eu esqueço das coisas.
    Advogado : Você esquece… Pode nos dar um exemplo de algo que você tenha esquecido ?
    _______________________________________________
    Advogado : Que idade tem seu filho?
    Testemunha: 38 ou 35, não me lembro.
    Advogado : Há quanto tempo ele mora com você?
    Testemunha: Há 45 anos.
    ______________________________________________
    Advogado : Qual foi a primeira coisa que seu marido disse quando acordou aquela manhã?
    Testemunha: Ele disse, ‘Onde estou, Bete?’
    Advogado : E por que você se aborreceu?
    Testemunha: Meu nome é Célia..
    ______________________________________________
    Advogado : Seu filho mais novo, o de 20 anos…
    Testemunha: Sim.
    Advogado : Que idade ele tem?
    ______________________________________________
    Advogado : Sobre esta foto sua…. o senhor estava presente quando ela foi tirada?
    _______________________________________________
    Advogado : Então, a data de concepção do seu bebê foi 08 de agosto?
    Testemunha: Sim, foi.
    Advogado : E o que você estava fazendo nesse dia?
    _______________________________________________
    Advogado : Ela tinha 3 filhos, certo?
    Testemunha: Certo.
    Advogado : Quantos meninos?
    Testemunha: Nenhum
    Advogado : E quantas eram meninas?
    _______________________________________________
    Advogado : Sr. Marcos, por que acabou seu primeiro casamento?
    Testemunha: Por morte do cônjuge..
    Advogado : E por morte de que cônjuge ele acabou?
    _______________________________________________
    Advogado : Poderia descrever o suspeito?
    Testemunha: Ele tinha estatura mediana e usava barba.
    Advogado : E era um homem ou uma mulher?
    _______________________________________________
    Advogado : Doutor, quantas autópsias o senhor já realizou em pessoas mortas?
    Testemunha: Todas as autópsias que fiz foram em pessoas mortas…
    _______________________________________________
    Advogado : Aqui na corte, para cada pergunta que eu lhe fizer, sua resposta deve ser oral, Ok? Que escola você freqüenta?
    Testemunha: Oral.
    _______________________________ _______________
    Advogado : Doutor, o senhor se lembra da hora em que começou a examinar o corpo da vitima?
    Testemunha: Sim, a autópsia começou às 20:30 h.
    Advogado : E o sr. Décio já estava morto a essa hora?
    Testemunha: Não… Ele estava sentado na maca, se perguntando porque eu estava fazendo aquela autópsia nele.
    _______________________________________________
    ******* Essa é a melhor ********
    Advogado : Doutor, antes de fazer a autópsia, o senhor checou o pulso da vítima?
    Testemunha: Não.
    Advogado : O senhor checou a pressão arterial?
    Testemunha: Não.
    Advogado : O senhor checou a respiração?
    Testemunha: Não.
    Advogado : Então, é possível que a vítima estivesse viva quando a autópsia começou?
    Testemunha: Não.
    Advogado : Como o senhor pode ter essa certeza?
    Testemunha: Porque o cérebro do paciente estava num jarro sobre a mesa.
    Advogado : Mas ele poderia estar vivo mesmo assim?
    Testemunha: Sim, é possível que ele estivesse vivo e cursando Direito em algum lugar !!!

    Esta, segundo a mensagem, é o bônus do meu amigo:

    Um homem pergunta pra Deus?
    - Senhor! Porque fizeste a mulher tão bonita????
    Deus responde:
    - Para que tu gostasses dela.
    - Mas então porque a fizeste tão burra?
    - E Deus responde:
    - Para que ela pudesse gostar de ti…

    E esta é o meu bônus, que aliás, me foi contada por um advogado daqui. Deixo aos leitores a liberdade de imaginação sobre os protagonistas.

    Era a quinta ou sexta audiência sobre pensão alimentícia e juiz e promotor já estavam impacientes com o réu que, pelas ações movidas por diferentes mulheres, demonstrava sua falta de zelo para com a responsabilidade que cabe a qualquer cidadão que põe um filho no mundo.
    Aberta a audiência, o juiz pergunta:
    - Senhor Fulano, o senhor sabe quantas vezes o senhor já esteve nesse Fórum pelo mesmo motivo?
    E o réu, humildemente:
    - Umas seis vezes, doutor.
    - O senhor não acha um absurdo essa situação? Como homem e como juiz eu sinto que devo dizer-lhe que o senhor precisa ter mais responsabilidade. São mais de seis filhos com seis mulheres diferentes! Esse seu comportamento é altamente condenável!
    E passando a palavra ao representante do Ministério Público:
    - E o doutor promotor, o que acha?
    O promotor pegou o processo, examinou calmamente, e depois dirigindo-se ao réu, observou:
    - É, senhor fulano, o senhor realmente tem uma prole muito grande.
    E o réu, mais animado:
    - E grossa, doutor!

    postado em 27/09/2011 16:39

    Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do aquiacontece.com.br ou de seus colaboradores. Dê sua opinião com responsabilidade! Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

    comentários

     
 
 
  • Cadastre-se para receber novidades do Aqui Acontece
  • carta
  • cadastrar
 
Avenida Antonio Candido Toledo Cabral, 149
Dom Constantino Penedo - AL
Fone: (82) 3551 5091
contato@aquiacontece.com.br