James Dantas

James Dantas

Fotógrafo, partilhador de conhecimento e admirador eterno de Penedo

Postado em 02/04/2019 10:04

Fotografia é luz

James Dantas
Fotografia é luz
Novo Largo de São Gonçalo brilhando na noite penedense

A origem etimológica da palavra fotografia vem do grego φως [fós] ("luz"), e γραφις [grafis] ("estilo", "pincel") ou γραφη [grafê] (“desenhar”, “escrever”). Sendo assim, fotografia significa “escrever com a luz”. Existe até uma frase icônica do fotógrafo norte-americano Alfred Stieglitz que exemplifica bem a importância da luz: "Onde quer que haja luz, pode-se fotografar."

Com a evolução da tecnologia temos hoje em mãos dispositivos capazes de captar a luz em suas mais variadas intensidades praticamente de forma instantânea, mas nem sempre foi assim. Em 1826, Joseph Niépce, precisava de 8 horas de exposição à luz para fazer um único registro, em um processo chamado de heliografia - que usava Betume da Judeia para fixar uma imagem em uma superfície.

Seja em uma câmera ou smartphone, alguns cuidados devem ser tomados para que as suas fotos fiquem incríveis. Em primeiro lugar, entender a luz do ambiente que você vai fotografar: qual a fonte principal? Se você for usar luz natural - o nosso belo sol - os horários irão influenciar por completo os resultados. Fotos perto do meio dia, por exemplo, ficarão com sombras bem marcadas e contrastadas, o que chamamos na fotografia de luz dura. Fotos até 1 hora e meia depois do nascer do sol ou antes do pôr-do-sol apresentam aquele brilho alaranjado lindo, digno de cinema, com sombras mais suaves. Este é o horário preferido dos fotógrafos e é chamado de “golden hour”, ou hora dourada. Em dias nublados, as nuvens espalham a luz do sol, o que chamamos de luz difusa, pois a luz se espalha por completo e dependendo de quão nublado esteja o dia, a luz fica uniforme e com sombras quase inexistentes, mas sem um destaque expressivo. Aqui você já percebe o quanto a hora do dia vai influenciar no seu resultado, então se você tem algum conceito a explorar, estude a iluminação que melhor se encaixe nele.

Na luz artificial, todo o cuidado deve ser tomado com relação ao posicionamento. Geralmente luzes muito intensas e coloridas são prejudiciais para uma boa fotografia, então prefira priorizar luzes neutras e de intensidade moderada. Nos smartphones, isso ajuda bastante pois a noite costuma haver uma perda significante de qualidade. Isso acontece pois os sensores dos celulares (responsáveis por captar a luz) são pequenos e para compensar a ausência de luz, costumam usar automaticamente os recursos de ISO - aumentando a sensibilidade do sensor a luz - e acabam gerando resultados cheios de ruído. Por isso aquela sua foto numa balada escura não costuma ficar muito legal.

Resumindo: entenda a luz, se posicione de acordo, e faça belas fotos. Dominando este aspecto, você será capaz de conseguir resultados mais agradáveis ao olhar. Pratique pelo menos 1 vez ao dia e poste os resultados usando a hashtag #fotopartilha no instagram. Irei dar feedbacks em todas as fotos postadas, então a sua evolução fotográfica começa agora.

Abraço e até o próximo post :D

@dantas.james

Comentários comentar agora ❯

  • wemerson muito bom !!!! parabens!!!